Santos tenta diminuir prazo para "recuperar estoque" da Umbro

Lucas Musetti Perazolli - Santos,SP

27-01-2021 12:00:29

O torcedor do Santos tem tido dificuldade para encontrar produtos oficiais, seja pelo modelo ou pelo tamanho. Na loja da Vila Belmiro, por exemplo, as reclamações são diárias.

O Peixe de Andres Rueda tenta resolver esse problema, mas o caso demandará tempo.

"Qualquer movimentação com fabricantes de camisas é processo lento. Da quantidade ao estoque. Pode levar seis meses, desde o start até acontecer. Estamos tentando, conversando, vendo o que está acontecendo. Como não havia sido feita a solicitação antes, leva tempo. Não vou mentir: vai levar um tempinho. A programação deles de fabricação não é entregar na semana que vem se precisar. É programação mundial, com defesa contratual e os prazos pré-definidos", explicou o presidente, à Gazeta Esportiva, antes de ser perguntado é possível resolver antes de seis meses.

"Exatamente", disse ele.

A queixa já havia sido feita pelo ex-presidente Orlando Rollo. A gestão de José Carlos Peres teria errado na demanda.

"Temos problema com distribuição de uniformes. Problema não é a Umbro, tive uma reunião com a diretoria da Umbro. Santos fez planejamento pífio para esse ano. Camisa rosa? Todo mundo quer, mas não estará à venda. Fiquei indignado. Eu adorei, uso ela. Mas Comitê de Gestão passado não conhece o perfil do torcedor. E a encomenda foi feita há um ano. Produção pífia, acharam que não haveria procura. Pedi uma nova cota de camisas e falaram que só para ano que vem", falou Rollo.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?