Futebol/Copa São Paulo

Santos para no Penapolense e no temporal e estreia com empate

GazetaEsportiva.net - Lins, SP -
03/01/2015 18:02:00

Em: Copa São Paulo de Juniores, Futebol, Região Sudeste, Santos

Atual bicampeão da Copa São Paulo de Juniores, o Santos estreou com dificuldades na edição de 2015 do torneio, na tarde deste sábado. O time comandado por Pepinho enfrentou uma bem postada equipe do Penapolense e um gramado encharcado no Estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins, e não passou de um empate sem gols.

Na preliminar, disputada duas horas antes e sem temporal, o Linense suou para alcançar uma vitória por 1 a 0 sobre o Babaçu – o gol de Mendes só foi marcado aos 46 minutos do segundo tempo – e assumir a liderança do grupo D, com 3 pontos. Santos e Penapolense têm um cada.

Apesar da sua tradição na Copinha, o Santos não conseguiu atrair muito público ao Estádio Gilberto Siqueira Lopes neste fim de semana. Ainda assim, tentou cativar quem estava nas arquibancadas com bastante movimentação ofensiva e constante troca de passes. Do outro lado, o Penapolense adotou uma postura cautelosa diante do favoritismo do adversário.

A primeira jogada mais feita do jogo, contudo, ocorreu do lado do Santos. Aos oito minutos, Sabino cometeu falta muito dura em Bernardo – e até passou a ser perseguido pela torcida local por causa do lance. Chorando, o jogador do Penapolense precisou ser substituído por Gabriel.

O time de Penápolis, no entanto, também não tinha receio de se impor com rispidez. Empurrado pelos gritos do técnico Jerry Adriane, o Penapolense implantou uma marcação eficiente para brecar o Santos, que insistiu nas jogadas pelas laterais no restante do primeiro tempo. Apesar da pressão, Caio, Claudinho e Matheus Augusto fizeram o goleiro Ian trabalhar pouco até o intervalo.

Na etapa complementar, os garotos do Santos teriam mais uma adversidade para furar o bloqueio do Penapolense – a chuva aumentou em Lins, prejudicando demais o gramado. Em meio a escorregões e jogadas interrompidas por áreas alagadas, o jeito era chutar de longe e alçar a bola na área.

O Penapolense até melhorou com as condições adversas. No Santos, Pepinho apostou nas entradas de Pepê, João Igor e João Gabriel para o Santos chegar mais próximo do gol defendido por Ian. O placar e a tempestade, porém, continuaram inalterados.

As duas equipes voltarão ao Estádio Gilberto Siqueira Lopes em busca de gols na terça-feira. O Penapolense enfrentará o líder e anfitrião Linense às 19 horas, enquanto o Santos jogará contra o lanterna Babaçu às 21 horas.