Santos discorda de redução salarial e conta com a CBF para honrar compromissos

Lucas Musetti Perazolli - Santos , SP
31/03/2020 08:00:50

Em: Escolha do editor, Futebol, Gazeta Press, Notícias, Santos
Santos não quer reduzir salários durante paralisação (Foto: Ivan Storti/Divulgação SFC)

O Santos anunciou férias coletivas de jogadores, comissão técnica e funcionários de 1 a 20 de abril por conta do novo coronavírus. E está preocupado com o pagamento dos salários.

O Peixe pagará as férias, a princípio, até o quinto dia de maio e pode parcelar os valores. O terço adicional precisa ser depositado até o fim de 2020.

Sem concordar com redução nos salários – medida adotada no Atlético-MG, por exemplo -, o Alvinegro quer ajuda da CBF caso seja necessário.

“Sou contra propor redução salarial para quem gera riqueza ao Santos. Existe diferença, mas minha opinião é essa. Jogador com contrato vigente tem que receber integralmente. Quem parou (CBF) que se responsabilize ou que subsidie ou financie. Santos às duras penas honra com seus compromissos”, disse Pedro Doria, membro do Comitê de Gestão, à Rádio Ômega.

As férias podem ser estendidas de acordo com a pandemia da Covid-19. A última partida foi contra o São Paulo, em 13 de março, e não há previsão da retomada das competições no futebol brasileiro e nem se o Campeonato Paulista continuará.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Ads – Rodapé Posts




  • James Beattie

    Entendo o ponto de vista do SFC. Ainda mais quando se tem um caixa curto e tenta-se honrar os pagamentos. Porém, esperar algo da CBF é um exercício de boa vontade. Quem deveria ter a maioria dos recursos são os clubes e não a CBF. Nada de sede faraônica, nada de privilégios! CBF tem função de organizar campeonatos e bancar o “cartório de registros”. Deixem os clubes terem divisões de base fortes, elencos fortes!

  • jcpai

    A redução salarial deve partir até dos próprios jogadores de todos clubes….como forma de compriençao do momento social

  • santista

    Como assim diretor é contra a redução salarial ? Só pode ser Piada ,realmente tem angu nesse caroço, o cara defende salários integrais para o clube ficar com ônus ,absurdo !!!Não foi a CBF que parou ,o mundo parou ,tem muita gente que leva dinheiro por trás desses absurdos salários de jogadores ,a maioria deles no caso do Santos jogadores de série C que recebem salários de craques por anos sem produzir nada de retorno !!!

×
Quer receber notícias do Santos?