Sampaoli reclama de cultura no Brasil: “Difícil que alguém possa ser aceito sem êxito”

Lucas Musetti Perazolli - Santos , SP
18/05/2019 21:55:50 — 19/05/2019 00:49:08

Em: Futebol, Notícias, Santos

Jorge Sampaoli reclamou da cultura do Brasil de culpar o técnico a cada derrota. O desabafo foi feito após a derrota do Santos por 4 a 0 para o Palmeiras neste sábado, no Pacaembu.

O treinador argentino foi perguntado sobre um caso do compatriota Marcelo Bielsa. Ele não conseguiu subir o Leeds United para a primeira divisão da Inglaterra, mas recebeu uma carta de agradecimento de torcedores.

“Não sei (se isso pode ocorrer no Brasil) Do Bielsa é especial. Tem que ver com aspecto social, região… Aqui, depois de cada jogo se sabe o culpado. Treinador de um banco ou de outro. Me tocou a mim hoje, outro jogo ao outro. Responsável é sempre o técnico. Difícil que alguém possa ser aceito sem êxito”, disse Sampaoli.

Santos perdeu de 4 a 0 para o Palmeiras (Foto:Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O técnico santista também comentou sobre o histórico de goleadas. O Peixe perdeu de 5 para o Ituano e de quatro para Botafogo-SP e Palmeiras.

“Pode ter a ver com a obrigação de protagonizar. Tomamos dois gols, responsabilidade aumentou e, ao invés de controlar o jogo, fomos muito decididos a atacar com mais gente que o normal. Temos que corrigir o sistema. Deixamos espaços atrás e essas situações (goleadas) podem ocorrer. Dominamos todos os jogos do Brasileirão até aqui. Hoje, não”, concluiu.

O Santos só voltará a jogar no domingo do dia 26, contra o Internacional, na Vila Belmiro, pela sexta rodada do Brasileirão. Com a derrota, o Peixe caiu momentaneamente para a quarta colocação.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com




×
Quer receber notícias do Santos?