Rollo comemora saída de Peres do Santos e lamenta prejuízo de R$ 300 mil: "Poderia não ter atrapalhado"

Lucas Musetti Perazolli - Santos,SP

22-11-2020 19:27:04

Presidente do Santos, Orlando Rollo comemorou o impeachment de José Carlos Peres neste domingo, mas lamentou a falta de "humildade" do ex-mandatário.

O Peixe pagou cerca de R$ 300 mil para realizar a assembleia entre os associados.

"Hoje é um dia para comemorar. Dia histórico. Salvo engano, primeira vez que presidente sofre impeachment no Santos. Consultei a ASSOPHIS mais cedo. Temos que comemorar porque defenestramos um presidente que fez muito mal ao Santos. Alertei há quase três anos. É triste para a história do Santos que um presidente tenha ficado tanto tempo. Alertamos, mas ele não quis sair. Processo de impeachment custou cerca de R$ 300 mil. Logística, advogados, etc. Santos tem sérias dificuldades financeiras e ainda gastou R$ 300 mil por causa de um presidente defenestrado que poderia não ter atrapalhado. Ele poderia ter pensado mais no clube", disse Rollo.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

"Estatuto Social se mostrou efetivo. No impeachment passado, não havia previsão de afastamento preventivo. Ele usou a máquina do Santos, toda a estrutura, para se promover e passando uma pecha minha de golpista, que queria me apoderar. Hoje isso se comprovou uma mentira. Todas as denúncias estavam embasadas na legalidade. Presidente defenestrado não teve mais acesso à máquina, então associados ponderaram o que era melhor para o clube e deram razão às denúncias", completou.

José Carlos Peres termina seu mandato 20 dias do fim. A eleição está marcada para o dia 12 de dezembro, com seis candidatos: Andrés Rueda, Daniel Curi, Fernando Silva, Milton Teixeira Filho, Ricardo Agostinho e Rodrigo Marino.

O vice Orlando Rollo é o presidente interino há quase dois meses e foi empossado mandatário até o pleito. Nem ele e nem Peres, que se torna inelegível, tentarão a reeleição.

A gestão de Peres ficou marcada por polêmicas políticas. Ele rachou com Orlando Rollo logo no início de 2018, quando eleito, e nunca teve boa relação com o Conselho. O mandato termina sem um título sequer.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?