Pressionado, Santos tem dia decisivo pelo empréstimo de Caju

Correspondente Lucas Musetti Perazolli - Santos , SP
16/05/2018 07:30:26

Em: Escolha do editor, Futebol, Notícias, Santos
Caju pode jogar no Chipre (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Essa quarta-feira será decisiva para Caju. O lateral-esquerdo vive a expectativa de ser emprestado pelo Santos ao Apoel-CHI. A negociação, porém, não é fácil de ser concluída. Se o Peixe recusar, a transação será abortada.

O Apoel ofereceu um contrato de dois anos, com valor de compra fixado em 1,2 milhão de euros (cerca de R$ 5,1 milhões). O alvinegro quer liberá-lo por uma temporada, com uma quantia maior estipulada. O entrave precisa ser superado até a noite desta quarta, data-limite imposta pelos ciprianos.

Representante do Apoel, Alessandro Silva virá ao Brasil nesta quarta-feira. O empresário promete não aumentar a oferta e espera convencer o Santos. O Peixe, em contrapartida, fará jogo duro. Como o atual contrato vence no fim de 2019, Caju precisaria renovar para ser transferido.

Caju é o reserva imediato de Dodô, porém, o alvinegro quer emprestá-lo para aliviar as contas. O lateral-esquerdo revelado na base recebe R$ 130 mil por mês. Em 2015, na negociação pela renovação, teve salário triplicado. Ele nunca teve status de titular nos últimos quatro anos de profissional.