Perto de cumprir objetivo, Carille aguarda pelo Santos: "Agora podemos falar sobre 2022"

Lucas Musetti Perazolli - Santos,SP

03-12-2021 14:23:40

O técnico Fábio Carille aguarda por uma posição do Santos sobre 2022. A decisão sobre a permanência ou não será do executivo de futebol Edu Dracena.

Contratado para salvar o Peixe do rebaixamento, Carille alcançou os 46 pontos e agora tem risco quase inexistente de queda para a Série A. Mais aliviado, ele espera pelo convite do Peixe para o debate sobre a próxima temporada.

"Até ontem (quinta-feira) muita coisa em aberto. Não estamos totalmente livres, 100% livres, mas sei que é difícil com 46 pontos (o rebaixamento). A partir de agora acredito que as coisas possam caminhar para um acerto ou definição. Eu mesmo não quis (conversar), tinha que pensar em 2021. Não é algo contratual. Agora está definido e quem sabe até o jogo do Flamengo podemos definir de vez a permanência, buscando novos objetivos e podemos falar mais de 2022. Eu mesmo evito nesse momento", disse Fábio Carille, em entrevista coletiva.

Carille evitou esse assunto até agora, mas já está disposto a conversar. A ideia dele e da comissão técnica é ficar.

"(Falta) definir a nossa permanência na Série A, fui contratado para isso. E desde ontem está mais claro. A partir de agora temos mais tranquilidade de falar. Não tem a ver com querer ficar com classificação para a Sul-Americana ou não. Fomos contratados pela permanência. E agora podemos falar mais sobre 2022 a partir deste momento se o clube quiser", afirmou.

"Evitei pensar sobre futuro. Estou preparando a equipe para esses dois jogos pensando em resultados positivos. Estamos tentando buscar um campeonato continental. Sei que estão se mexendo, correndo atrás, o Edu (Dracena) tem feito muitas reuniões. E eu não fiz questão de participar até ontem. Quem sabe a partir de agora eu possa interagir mais sobre esses assuntos", concluiu.

O Santos é o 11º colocado do Campeonato Brasileiro, com 46 pontos, e está praticamente livre de qualquer risco de rebaixamento. O Peixe terminará a participação contra Flamengo (fora) e Cuiabá (em casa) por vaga na Sul-Americana ou até na Pré-Libertadores.

O aproveitamento desde a chegada de Fábio Carille é de 44,4% dos pontos. Quando o técnico assumiu no lugar de Fernando Diniz, o Peixe era o 14º, com 22, e a quatro da zona do rebaixamento. A distância atual é de seis.

Carille tem contrato nas normas básicas da CLT, sem vínculo pré-estipulado e multa rescisória. Verbalmente, porém, o acordo com o presidente Andres Rueda vale até dezembro de 2022.

Deixe seu comentário