Peres vê eliminação do Santos como “acidente” e reclama de “roubo”

Lucas Musetti Perazolli - Santos , SP
26/02/2019 22:50:19

Em: Futebol, Notícias, Santos
Presidente do Santos vê eliminação como acidente (Foto: Ivan Stori/SFC)

O presidente do Santos, José Carlos Peres, viu a eliminação da Copa Sul-Americana para o River Plate-URU nesta terça-feira como um “acidente”.

Peres ainda reclamou de “roubo” na ida, em Montevidéu, quando Copete teve um gol legal anulado. Depois do 0 a 0 na ida, o River avançou com o 1 a 1 em São Paulo e o gol qualificado.

“Contávamos com a classificação, não ocorreu. Tivemos 80% posse de bola, mas às vezes o futebol contempla quem faz o antijogo e por isso o futebol está assim”, disse o presidente.

“Não é vexame, é acidente. Tivemos gol roubado, gol legítimo, fomos furtados. Até os repórteres consideraram legítimo. E acho que perdemos lá, aqui eles se trancaram, não tivemos torcida. A nossa fez o que fez contra o Independiente, perdemos e não tivemos torcida. Torcida é 12º jogador e talvez dos 12, o mais importante, movimenta, agita, ela realmente pressiona. Jogamos sem torcida, teve um gol numa única escapada e a gente teve apenas um gol e eles se classificaram”, completou.

O presidente valorizou o “Projeto Sampaoli” e minimizou a ausência logo no início da Sul-Americana. O Alvinegro terá Campeonato Paulista, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil pela frente.

“Competição importante é Copa do Brasil, premia e dá muita visibilidade, Libertadores também e não é o caso da Sul-Americana. Não há crise, temos duas competições fortes e principal meta é o Campeonato Brasileiro. Outros times grandes de São Paulo passaram por isso, agora é levantar a cabeça. Nosso Projeto Sampaoli continua, firme, vamos reforçar mais a equipe para enfrentar as duas competições de cabeça erguida”, concluiu.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com




×
Quer receber notícias do Santos?