Pelo Twitter, Elano comunica renovação até dezembro com Santos

São Paulo, SP

18/02/16 | 13:26 - 18/02/16 | 13:53

Elano seguirá no elenco santista até dezembro após renovação contratual (Foto:Ivan Storti/Santos)
Elano seguirá no elenco santista até dezembro após renovação contratual (Foto:Ivan Storti/Santos)

Antes mesmo de o site oficial do clube confirmar a informação, Elano já se antecipou e, por meio de sua página no Twitter, comunicou a renovação de contrato com o Santos até dezembro deste ano. Aos 34 anos, Elano deixou o Santos em agosto passado para viver três meses na Índia, onde foi campeão nacional, e em comum acordo com a diretoria do Peixe, prorrogou o vínculo que valia até o fim do Campeonato Paulista.

“É uma gratidão e uma alegria muito grande vestir essa camisa. Quando retornei em janeiro, essa era a minha pretensão, já que ano passado, ficou pela metade. Isso me deixou muito triste e quero jogar esse ano todo”, disse o camisa 11, que vive sua terceira passagem pelo clube, depois de defender o Chennaiyin, da Índia.

“Agradeço ao Dorival, diretoria, atletas e torcida pela confiança. Aqui me sinto em casa e apto a jogar futebol. Fiz uma boa pré-temporada e tenho certeza que tenho muito a ajudar nesse ano”, comentou, ao site oficial do Santos.

Ao lado de Renato e Ricardo Oliveira, outros dois que já passaram dos trinta, Elano consta agora como um dos mais experientes do elenco santista que, assim como em 2015, aposta na mescla entre juventude e experiência para buscar títulos. Alegre por voltar e permanecer no Santos durante esta temporada, o atleta parece não ter planos de parar à curto prazo.

Agora, a meta de Elano é ser mais participativo, atuar mais e não ficar trabalhando apenas como uma espécie de auxiliar de Dorival Júnior no comando do elenco, como aconteceu em 2015 durante boa parte do tempo.

Antes de sair para a Índia, em setembro, Elano fez 24 jogos pelo Peixe. Jogou, ao todo, 674 minutos, média de apenas 28,3 minutos por partida, sendo que em nenhuma oportunidade ficou no gramado durante os 90 minutos.

Assim que retornou, em janeiro, Elano admitiu precisa jogar mais e espera que ter realizado toda a pré-temporada faça diferença na sua condição física. E, após o fim do ano, o jogador já negocia sua permanência do Santos para trabalhar dentro da comissão técnica e, futuramente, se tornar técnico.

"Por mim ficaria pelo resto da vida, para jogar e trabalhar. Mas quero estar aqui para ser bem e útil. Não quero ser mais um, para dizer que estou trabalhando ou jogando no Santos. Quero ser útil", disse, na ocisão.

Histórico
Revelado no Guarani em 1998, Elano ainda passou pela Inter de Limeira-SP antes de chegar ao Santos, ainda menor de idade, em 2001. De 2001 a 2004, foi campeão brasileiro e da Libertadores com o time da Vila, alçando voo até a Europa. Atuou por Shakhtar Donetsk, Manchester City e Galatasay pelo mesmo período de tempo - dois anos - antes do primeiro retorno ao Brasil.

De volta ao Peixe em 2011, Elano participou do elenco campeão da Libertadores e vice-campeão do Mundial, mas perdeu espaço e tentou a carreira no Sul defendendo o Grêmio. Depois de dois anos no futebol gaúcho, passou pelo Flamengo antes de ser emprestado pela primeira vez ao futebol indiano.

No Chennaiyin FC, foi dirigido pelo italiano Marco Materazzi e dividiu elenco com grandes nomes do futebol, como o francês Nicolas Anelka e o zagueiro brasileiro Lúcio. No segundo empréstimo ao futebol chinês, que durou apenas três meses em 2015, Elano conquistou o título nacional ao vencer o time de Zico, FC Goa, na final. Depois da decisão, uma confusão até o levou para a delegacia, mas o mal entendido logo foi solucionado.

Campeão do Brasileirão em 2002 e 2004, da Copa Libertadores em 2011 e dos Paulistas de 2011, 2012 e 2015, Elano chegou ao Santos em 2000. Até hoje, foram 308 jogos e 68 gols.

Deixe seu comentário