Gazeta Esportiva

Odair analisa empate contra o São Bernardo e busca Santos coletivamente sólido

São Paulo, SP

22/01/23 | 22:56 - 23/01/23 | 01:09

O Santos não empolgou outra vez e arrancou um empate por 1 a 1 no fim contra o São Bernardo neste domingo, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Pela terceira vez em três jogos, o Peixe saiu atrás do placar e, novamente, tomou gol no início da partida. O técnico Odair Hellmann analisou o confronto desta tarde e comentou sobre essa característica negativa da equipe na temporada.

"Sobre o resultado, viemos para buscar os três pontos, a vitória. Realmente é o terceiro jogo que saímos atrás e isso faz com que tenhamos que trabalhar dobrado, triplicado, em relação às partes mental, física, tática. Ressaltar que, fisicamente, a equipe tem respondido muito bem, porque as equipes adversárias têm sentido muito no segundo tempo, caindo com câimbra, pedindo substituição, e a gente está conseguindo se sobrepor", disse.

"Hoje, alguma situação de primeiro tempo com mais dificuldade, principalmente, para ficar com a posse de bola. Isso nos gerou um pouco de dificuldade para ter o controle do jogo, começamos a alongar a bola e entrar no jogo deles, que é um jogo de primeira e segunda bola e bola longa", continuou.


Odair afirma que Santos dominou ações na segunda etapa

Após primeiro tempo sem fazer o goleiro Alex Alves sujar o uniforme, o Santos levou mais perigo na etapa complementar, tendo um gol anulado e um pênalti polêmico não marcado, além do tento da igualdade. O comandante santista elogiou os 45 minutos finais do Peixe e afirmou que busca um time coletivamente sólido.

"Estamos conversando, trabalhando para que consigamos em todos os aspectos não sair atrás do placar, corrigir esses movimentos e situações. Isso gera uma confiança no adversário. Fizemos uma mudança já no primeiro tempo, acabei tirando o Rodrigo [Fernández], porque ele está voltando no ritmo, não fez a pré-temporada igual a todos, já tinha cartão amarelo e fez duas faltas seguidas. Então, aproveitei antes do intervalo para fazer a substituição de mudança de posicionamento, tática e de característica", analisou.

"No segundo tempo, conseguimos colocar a bola no chão, sermos mais assertivo nos passes, ter o controle das ações do jogo e produzir mais chances para que pudéssemos empatar e até mesmo virar. Tivemos um gol anulado, o gol, um pênalti. Então, neste sentido foi bom e como é um trabalho novo, inicial, temos bastante coisa a corrigir e precisamos evoluir em muitos aspectos para cada vez mais nos tornarmos uma equipe sólida coletivamente, para que as individualidades possam aparecer. Essa é a busca", completou Odair.

Com o resultado, o Alvinegro Praiano chegou aos quatro pontos da chave e, assim, assume a vice-liderança, atrás do Botafogo-SP. Também com a mesma pontuação, Bragantino, terceiro colocado, e Inter de Limeira, lanterna, completam a chave. Por fim, o Santos volta à Vila Belmiro em confronto contra o Água Santa, às 21h35 (de Brasília) de quarta-feira, pela quarta rodada do Campeonato Paulista.

Deixe seu comentário