Mesmo pressionado e sem convencer, Santos cumpre meta de Levir

Correspondente Vitor Anjos - Santos,SP

25-10-2017 08:00:42

Após a derrota por 1 a 0 para Barcelona de Guaiaquil, em setembro, na Vila Belmiro, que culminou com a eliminação na Libertadores, o elenco do Santos 'se fechou' e estabeleceu uma meta ousada: não perder até o final do Campeonato Brasileiro.

De lá pra cá, o Peixe viveu uma verdadeira montanha-russa, alternando bons e maus momentos. O pior aconteceu na última semana, quando a equipe engatou uma sequência de três empates seguidos (contra Ponte Preta, Vitória e Sport, respectivamente), não encostou no líder Corinthians e ainda virou alvo de protestos da torcida, com pichações na Vila Belmiro e 'quase' demissão do técnico Levir Culpi.

Mesmo assim, o alvinegro vem conseguindo cumprir a meta e ainda não foi derrotado no Brasileirão desde a queda na Liberta. Além dos três empates seguidos, o time ainda conseguiu outras três vitórias (diante de Atlético-PR, Palmeiras e Atlético-GO).

E apesar da pressão imposta pelos torcedores nos últimos jogos, o Santos diminuiu quatro pontos de diferença para o líder Corinthians desde a eliminação no torneio continental. Após o triunfo sobre o Atlético-PR, na 25ª rodada, o Peixe ficou a 10 do Timão.

Atualmente, os santistas, com 53 pontos na tabela e ocupando a terceira posição, estão a apenas seis do rival alvinegro, que lidera com 59.

No próximo sábado, às 17h (de Brasília), no Pacaembu, os comandados de Levir Culpi terão a chance de encostar de vez no topo, quando encaram o São Paulo, pela 31ª rodada do Brasileirão.

Deixe seu comentário