Mausoléu de Pelé é inaugurado para visitação; conheça o espaço - Gazeta Esportiva
Gazeta Esportiva

Mausoléu de Pelé é inaugurado para visitação; conheça o espaço

Rodrigo Matuck - Santos,SP

Publicação 15/05/23 | 13:35 - Atualização 15/05/23 | 15:02

Nesta segunda-feira, o Mausoléu onde está o corpo de Pelé, no Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos, foi aberto para visitação pública.

A sala foi inaugurada por membros da Torcida Jovem, principal organizada do Santos. O primeiro a entrar foi Cosmo Damião Freitas Cid, fundador da entidade e amigo pessoal do ex-jogador do Peixe. Até o final do dia, a previsão é que passem 60 pessoas no espaço.

Para conhecer o espaço é necessário se cadastrar gratuitamente no site do Memorial. A visita funcionará de segunda a sexta-feira, em dois períodos: pela manhã, das 9 horas às 12 horas, e a tarde, das 14 horas às 18 horas. Até o final desta primeira semana, no entanto, já está esgotado.


O mausoléu do Rei tem cerca de 200 metros quadrados e está no primeiro andar do Memorial. Dentro da sala, há camisas da Seleção Brasileira, do Santos e do Cosmos. No chão foi implantado um carpete para remeter ao gramado de futebol e as paredes são decoradas com a torcida do Santos.


Na entrada do mausoléu, há duas estatuas do tamanho real de Pelé. Elas ficam na porta. Mais pra frente, há um corredor onde é possível ver foto de alguns momentos marcantes da carreira do craque.

No Memorial, ainda há uma Mercedes Benz S-280, dada para Pelé pela montadora em 1974, em comemoração ao milésimo gol do jogador.

Maior jogador da história do futebol, Edson Arantes do Nascimento morreu no dia 29 de dezembro de 2022. Depois de uma emocionante despedida que durou mais de dois dias, Pelé foi sepultado no Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos. Devido a sua grandeza, ele ganhou um tratamento especial no cemitério.


Escolha do 1º andar

Pelé teve um espaço reservado no nono andar do Memorial desde 2003, com uma vista para a Vila Belmiro. A escolha foi uma homenagem ao pai, que quando jogava, usava a camisa nove. O pai do Rei está enterrado naquele andar.

No entanto, a família e o cemitério fizeram um acordo para que o craque fosse sepultado no mausoléu por uma questão de logística para o acesso ao local.

O Memorial Necrópole Ecumênica é o primeiro cemitério vertical da América Latina, considerado o mais alto do mundo pelo Guinness Book, com 14 andares. Sua estrutura conta com cerca de 18 mil lóculos, ossuário, salas de velório, mausoléus, entre outros. São, ao todo, 40 mil metros de extensão.

O velório do Rei

O velório de Pelé durou 24 horas. Mais de 230 mil pessoas passaram pelo estádio alvinegro para se despedir do Rei. Apesar do alto número, tudo ocorreu com muita tranquilidade.

Além do público em geral, a Vila Belmiro recebeu diversas autoridades. Entre os nomes estavam Gianni Infantino, presidente da Fifa, Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol, Ednaldo Rodrigues, presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do Brasil, Tarcísio de Freitas, governador do Estado de São Paulo, e Ricardo Nunes, prefeito de São Paulo.

Ex-jogadores do Santos também foram se despedir de Pelé, como Manoel Maria, Lima, Abel, Clodoaldo, Serginho Chulapa, João Paulo, Agnaldo Moreira, Elano, etc.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Antes de ir para o cemitério, houve um cortejo pela cidade de Santos. O caixão do Rei do Futebol foi levado em um caminhão de bombeiros e escoltado pela polícia.

O cortejo começou na Vila Belmiro, passou pelo Canal 2 e percorreu, pela orla da praia, até o canal 6, onde mora a mãe de Pelé, Dona Celeste Arantes do Nascimento, de 100 anos. Acompanhada de familiares, a irmã do craque, Maria Lúcia, o esperou na varanda da casa e chorou muito. Também houve uma breve reza e uma extensa salva de palmas e homenagem ao ídolo.

Na sequência, o corpo do Rei foi levado até o cemitério, no Canal 1. Na chegada ao Memorial Necrópole Ecumênica, começou a cair um leve garoa e foi executado o hino do Santos durante a entrada do caixão. Ao todo, foram 13 quilômetros percorridos.

Deixe seu comentário