Marinho teve passagem tão rápida pelo Santos que nem o técnico se lembra

Lucas Musetti Perazolli - Santos,SP

24-05-2019 08:00:33

Lino (primeiro à esquerda) em foto com Marinho (camisa 10) (Foto: Divulgação)

"Oi, professor. Tudo bem? Queria um comentário sobre a passagem do Marinho pela equipe sub-17 do Santos com o senhor". "Que Marinho?".

A resposta foi de Joselino Martins de Jesus, o Lino, ex-jogador e técnico na base do Peixe. Ele treinou Marinho em 2008, mas a passagem foi tão rápida que não se lembrava. Só teve certeza ao ver uma foto ao lado do jogador.

"Foi uma surpresa. Não me lembrava. Se você não mostrasse a foto, eu não saberia. Ele ficou pouco pouco tempo comigo. Era o primeiro ano desse grupo no sub-17. Esse pessoal era reserva, a maioria não vingou. Marinho teve problema contratual e saiu rápido", disse Lino, à Gazeta Esportiva.

Marinho tinha 17 anos e ficou apenas quatro meses no alojamento do Peixe depois de passar pelo Corinthians de Alagoas. Ele tinha contrato de formação e a proposta para renovar era de seis meses. O atleta queria mais tempo, então resolveu sair, do nada. Treinou no Flamengo e Vasco, mas optou pelo Fluminense, onde se profissionalizou.

"Passei uns meses no Santos, morando na Vila Belmiro. Joguei com o goleiro Rafael Cabral, com o Serginho e também o Neymar, pois eram todos quase da mesma idade que eu. Mas não quis assinar contrato, que era só de seis meses, achei que não daria tempo para mostrar meu trabalho", lembrou Marinho, em entrevista recente à ESPN.

Marinho agora voltará ao Santos. O Grêmio aceitou uma proposta de cerca de R$ 4 milhões, além da liberação de David Braz. O contrato até 2022 pode ser assinado nesta sexta-feira.

Depois do Fluminense, Marinho jogou no Internacional, Caxias, Paraná, Goiás, Ituano, Náutico, Ceará, Cruzeiro, Vitória, Changchun Yatai-CHI e Grêmio. Ele tem 28 anos.


Deixe seu comentário