Maior artilheiro gringo do Santos, Copete ressalta: "Ainda falta muito"

São Paulo, SP

10-07-2017 18:30:16

A noite de 9 de julho de 2017 será inesquecível na vida de Jonathan Copete. Após ter sofrido uma queimadura no abdômen em um acidente doméstico, o atacante marcou três vezes e garantiu a vitória do Santos por 3 a 2 sobre o São Paulo, na Vila Belmiro, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. E além de ser o principal destaque no clássico, o colombiano cravou seu nome na história do Peixe.

Agora, o atacante tem 20 tentos com a camisa do alvinegro em 62 partidas disputadas. Com isso, ele igualou superou o também colombiano Molina (17), que atuou no clube entre 2008 e 2009, e alcançou o posto de maior artilheiro gringo da história do clube.

Com os gols de domingo, Copete empatou com Echevarrieta. Atuando no clube entre 1942 e 1943, o atacante argentino também marcou 20 vezes com a camisa do Alvinegro Praiano. Apesar do feito histórico, o colombiano ressaltou o conjunto do Peixe.

"Estou contente por atingir esta marca. Mas eu sempre falei que vim para ajudar a equipe. Continuarei dando o meu melhor para ajudar o time e meus companheiros. Estou feliz, mas ainda sei que falta muita coisa para vencermos. Espero continuar crescendo com o time", disse Copete.

Copete foi o destaque do Peixe contra o São Paulo (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Com os três gols marcados sobre o São Paulo, Copete chegou a cinco no Brasileiro e já é o artilheiro isolado do time na competição nacional, com dois tentos a mais que o centroavante Kayke. O Tricolor do Morumbi, inclusive, é a maior vítima do jogador, ao lado do Vitória. Pelo Santos, o colombiano enfrentou ambos adversários em três oportunidades e balançou as redes cinco vezes.

Deixe seu comentário