Justiça dá prazo para Santos prestar contas no processo movido por Sasha

São Paulo, SP

23-07-2020 18:04:32

A 6ª Vara do Trabalho de Santos deu cinco dias para o Santos prestar contas referentes ao processo de rescisão unilateral do contrato de Eduardo Sasha. O atacante entrou com o pedido na última segunda-feira, alegando redução salarial sem acordo e atraso em direito de imagem e recolhimento do FGTS

Em despacho feito nesta quarta-feira, a Justiça intimou o clube a apresentar, com urgência, o acordo de redução salarial feito durante a pandemia e os comprovantes de pagamento do salário do jogador.

Confira o despacho:

Despacho da Justiça de Santos feito na última quarta-feira (Foto: Reprodução)

No mesmo despacho, o juiz Carlos Ney Pereira Gurgel também derrubou o sigilo de justiça do processo.

O Alvinegro alega não ter dívida suficiente para rescisão unilateral antes da pandemia do novo coronavírus. O não recolhimento do FGTS é uma ação prevista em medida provisória por conta da calamidade pública. O Santos pagou 30% dos salários de abril, maio e junho.

Sasha chegou ao Santos em 2018 e soma 104 jogos e 23 gols pelo clube. O vínculo do atacante vai até dezembro de 2022.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?