Jornal espanhol vê “exagero” em pedida do Santos por Rodrygo

São Paulo , SP
26/05/2018 16:30:30 — 13/06/2018 20:51:31

Em: Barcelona, Brasileiro Série A, Futebol, Futebol Espanhol, Futebol Internacional, Mercado da bola, Santos

Conforme publicado pela Gazeta Esportiva nesta sexta-feira, o Santos recusou a primeira investida do Barcelona por Rodrygo. O clube catalão ofereceu 30 milhões de euros (R$ 127 milhões) pela promessa de 17 anos de idade, mas o Alvinegro não aceitaria liberá-lo por menos do que os 50 milhões (R$ 213 milhões) referentes à sua multa rescisória. Pedida esta que é considerada “exagerada” por parte do jornal Mundo Deportivo, conforme publicação neste sábado.

“Não é de se estranhar que os primeiros contatos entre os clubes não tenham obtido avanços na negociação”, escreveu o jornalista Gabriel Sans, que aponta para a consciência do Santos em blindar o atacante em função das diversas opções de mercado que este tem. A nota ainda estranha o fato de, meses atrás, o Peixe ter cogitado pedir uma quantia de 35, 40 milhões de euros pelo jovem.

Santos pede 50 milhões de euros por Rodrygo, de 17 anos de idade (Foto: Ivan Storti/SFC)

Ainda de acordo com a publicação, porém, a probabilidade do Santos conseguir segurar Rodrygo é pequena, mesmo que não aconteça já, em função da “vontade do jogador em vestir o azul-grená”. Por outro lado, o Mundo Deportivo ignora a irritação da diretoria do clube brasileiro pelo não pagamento de antigas dívidas por parte do Barcelona, que estaria devendo cerca de 15 milhões de euros ao Alvinegro Praiano.

O contrato assinado por Rodrygo no Santos vale até 2022, mas, na prática, o atleta tem vínculo por apenas mais duas temporadas e poderia sair de graça em 2020. Isto porquê, para a FIFA, o primeiro acordo profissional só pode ter duração de três anos. O Peixe tem 80% de seus direitos econômicos.