Cuca valoriza "casca" do elenco do Santos e destaca lideranças: "Um pouco de tudo"

Lucas Musetti Perazolli - Santos,SP

28-01-2021 08:00:34

O Santos chegou à final da Libertadores da América com pouquíssimos "medalhões". A média de idade do time titular é de 25 anos. E a equipe conta com jovens como Kaio Jorge, de apenas 19.

Mesmo assim, o Peixe encarnou o espírito da competição e se superou não apenas na técnica, mas também na raça. Para o técnico Cuca, essa evolução ocorreu ao longo da taça.

"Eles criaram essa casca durante a competição. Fase de grupos é muito difícil, tudo era novidade para muitos. Fomos passando, pegando corpo e confiança. E isso aconteceu no nosso grupo", falou o treinador, em entrevista à Gazeta Esportiva.

Cuca também comentou sobre as variadas lideranças desse elenco.

"Estou muito contente. Alison, Diego Pituca, João Paulo, Vladimir. Vladimir é um dos maiores ganhadores da história do Santos... São lideranças importantes além do Marinho, Lucas Veríssimo, Luan Peres, Pará. Cada um com seu estilo, às vezes o cara não precisa se impor no grito e é respeitado nas atitudes. Temos um pouco de tudo aqui", avaliou o técnico.

A final da Libertadores da América entre Santos e Palmeiras ocorrerá no próximo sábado, às 17h (de Brasília), no Maracanã.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?