Futebol/Bastidores

Crise faz Santos vender partes de Gabriel e Geuvânio a investidores

GazetaEsportiva.net - Santos, SP -
04/01/2015 11:29:00

Em: Bastidores, Futebol, Santos

O balanço financeiro do Santos cada vez mais interfere diretamente no departamento de futebol. Em crise financeira que resulta no atraso de salários, o Peixe opta por negociar fatias de suas principais joias para sanar as dívidas. Segundo a ESPN, o lateral Daniel Guedes, o meia Geuvânio e o atacante Gabriel tiveram parte de seus direitos econômicos vendidos ao grupo de investidores Doyen Sports.

O acordo foi firmado ainda na gestão de Odílio Rodrigues, que deixou a presidência em 31 de dezembro. A empresa é a mesma envolvida nas contratações de Leandro Damião e Lucas Lima, agora ganhando ainda mais força nos bastidores do Peixe.

Segundo manda o estatuto do Santos, o ex-presidente Odílio Rodrigues não poderia negociar os jogadores em definitivo, mas a venda de parte dos direitos não estaria vetada. O novo mandatário santista, Modesto Roma Júnior, não tem responsabilidade no negócio firmado pelo antecessor.

Gabriel e Geuvânio são considerados as principais joias formadas pelas categorias de base do Peixe desde a saída de Neymar. A dupla é titular sob comando de Enderson Moreira e responsável por boa parte da criação da equipe. O lateral Daniel Guedes também terminou a temporada passada na equipe principal.