Gazeta Esportiva

Com pior ataque dos últimos doze anos, Santos terá defesa mais vazada do Paulistão pela frente

São Paulo, SP

08/02/20 | 09:00

Em quatro partidas à frente do Santos, Jesualdo Ferreira tem duas vitórias, um empate e uma derrota (Foto: Ivan Storti/Santos)

Santos ainda não conseguiu engrenar sob o comando de Jesualdo Ferreira e demonstra dificuldade para marcar gols neste início de temporada. Além de criar poucas oportunidades para balançar as redes até o momento, o Peixe registra uma marca negativa em relação ao ataque.

Nas quatro partidas disputadas pelo Campeonato Paulista, o Santos marcou quatro vezes. O Alvinegro Praiano anotou dois tentos contra o Guarani e outros dois contra a Inter de Limeira. No clássico com o Corinthians e na partida contra o Red Bull Bragantino o time passou em branco.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

A última vez que o Santos registrou um número menor do que quatro gols marcados após quatro partidas oficiais disputadas no início da temporada foi em 2008. Na ocasião, o Peixe balançou apenas três vezes as redes dos adversários no mesmo número de jogos observados.

Diante do Botafogo-SP, pela 5ª rodada do estadual, o time de Jesualdo terá a chance de aumentar esse número e tentar inciar uma retomada ofensiva. O Pantera é o lanterna do grupo B e ainda não venceu no torneio. Além disso, tem a pior defesa da competição, levando 13 gols em quatro partidas.


Na estreia do Paulistão, o time ribeirão-pretano foi goleado por 4 a 1 pelo Corinthians, depois sofreu um revés para a Ponte Preta pelo placar mínimo. A defesa voltou a fracassar e nos últimos dois jogos, sofreu dois gols do Ituano, no empate de 2 a 2, e foi massacrada pelo Mirassol, quando levou seis gols, na derrota por 6 a 0.

Santos e Botafogo-SP se enfrentam na próxima segunda-feira, às 20h, na Vila Belmiro.

Deixe seu comentário