Gazeta Esportiva

Após expulsão polêmica, Ferraz dispara contra árbitro: "Ridículo"

Do correspondente Vitor Anjos - Santos,SP

08/09/16 | 23:55 - 09/09/16 | 00:26

Foto: Ricardo Duarte/SCI
Victor Ferraz não poderá defender o Santos no clássico contra o Corinthians (Foto: Ricardo Duarte/SCI)

A derrota por 2 a 1 para o Internacional, nesta quinta-feira, no Beira-Rio, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, vai demorar para sair da cabeça dos santistas. A expulsão polêmica de Lucas Lima, ainda no primeiro tempo, gerou muitas reclamações dentro e fora de campo.

O lateral-direito Victor Ferraz foi um dos mais exaltados na saída do gramado. O jogador admitiu as falhas da equipe, mas disparou contra o árbitro Rodrigo Batista Raposo.

"Não vou fugir da responsabilidade. A gente vem de algumas partidas ruins e temos também muita culpa. Mas hoje o jogo estava controlado, ele (árbitro) se atrapalhou inteiro. É complicado, posso pegar um gancho, mas o que aconteceu hoje aqui foi ridículo. O Inter é muito grande, poderia ganhar da gente sem isso. Ele disse que xingamos ele. Eu não falo um palavrão há 20 anos. Além de tudo, ele é mentiroso", esbravejou o lateral, sobre a expulsão de Lucas Lima.

Aos 45 minutos do primeiro tempo, quando a partida estava empatada em 1 a 1, o camisa 10 do Peixe, que já havia levado um cartão amarelo por demorar para bater uma falta, se posicionou para cobrar um escanteio. O meia resolveu deixar a cobrança para Vitor Bueno e saiu da posição. O árbitro Rodrigo Batista Raposo entendeu que Lucas Lima retardou o jogou e aplicou o segundo amarelo, expulsando o santista.

Além da expulsão polêmica, o Santos ainda teve Ricardo Oliveira e Victor Ferraz amarelados. Por conta disso, a dupla, assim como Lucas Lima, não encara o Corinthians, no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Deixe seu comentário