Apesar de goleada recente, defesa do Santos vira trunfo de Fabián Bustos

São Paulo, SP

27/06/22 | 05:00 - 26/06/22 | 18:02

A goleada sofrida contra o Corinthians, por 4 a 0, no meio de semana, pela Copa do Brasil, abalou a confiança do torcedor santista, entretanto, o sistema defensivo se tornou um trunfo do técnico Fabián Bustos para manter a equipe competitiva na atual temporada.

A atuação vexatória em Itaquera, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, não apaga os bons números defensivos colecionados pelo Santos ao longo deste ano. No Campeonato Brasileiro, por exemplo, o Peixe tem uma das três melhores defesas do torneio, somando 13 gols sofridos em 14 rodadas.


O Palmeiras é quem lidera o quesito, com dez gols sofridos em 14 jogos na competição por pontos corridos, ao lado do Corinthians, que também foi vazado dez vezes em 14 rodadas.

No último sábado, Santos e Corinthians se enfrentaram novamente em Itaquera, desta vez pelo Brasileirão, e, desta vez, o bom desempenho defensivo do Peixe no campeonato prevaleceu. A equipe comandada por Fabián Bustos conseguiu frear o ímpeto do rival, superando o trauma causado pela goleada no meio de semana, saindo de campo com o empate sem gols.

Na Copa Sul-Americana, o Santos também vem colecionando bons números. O time da Baixada Santista é quem mais desarmou na competição, somando 110 roubadas de bola. Além disso, apenas sete das 32 equipes que disputaram a fase de grupos sofreram menos gols que o Peixe (5): Ceará (1), Club Atlético Uníon (2), São Paulo (3), Unión La Calera (4), Lanús (4), Independiente (4) e Everton (4).

Na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), na Venezuela, o Santos dará o pontapé inicial na disputa das oitavas de final da Copa Sul-Americana contra o Deportivo Táchira. E é baseado no bom desempenho defensivo do time até aqui que o técnico Fabián Bustos espera levar seus jogadores até a grande decisão do torneio que o clube jamais venceu, apesar de sua gloriosa história.

Deixe seu comentário