Bragantino é derrotado pelo Nacional-URU, termina na lanterna de seu grupo e dá adeus à Libertadores

São Paulo, SP

24-05-2022 21:09:06

A campanha do Red Bull Bragantino em sua primeira Libertadores chegou ao fim. Nesta terça-feira, a equipe foi derrotada pelo Nacional-URU, em Montevideo, por 3 a 0. Desta forma, a equipe fica pelo caminho ainda na primeira fase da competição.

Além da eliminação, a equipe termina amargando a lanterna do grupo C, com cinco pontos. O líder da chave foi o Estudiantes, que, ao lado do Vélez Sarsfield, segundo colocado, se classificou às oitavas de final.

Agora, o Red Bull Bragantino volta a focar no Campeonato Brasileiro. A equipe, 13ª colocada, terá pela frente o Goiás, fora de casa, às 16h30 (de Brasília) deste sábado, pela abertura da oitava rodada.


O jogo - Por mais que tivesse mais posse de bola, o Bragantino era inefetivo no ataque e pagou o preço. A postura da equipe da casa foi de se fechar na defesa e explorar contra-ataques. Assim, o primeiro tempo terminou em 2 a 0 para o Nacional.

O placar foi inaugurado aos 9 minutos de bola rolando. Zabala recebeu aberto pelo lado esquerdo e cruzou para a área. O goleiro Cleiton se atirou na bola tentando afastar, mas jogou nos pés de Trezza, que mandou às redes.

Mais tarde na primeira etapa, aos 30 minutos, o Nacional recuperou a bola no campo de defesa e puxou o contra-ataque. Carballo deu boa bola para Zabala, para, em mais uma assistência, desta vez servir Cándido, que, no meio da área, marcou.

No segundo tempo, o Nacional, mesmo em situação confortável, conseguiu marcar o terceiro. Aos 37 minutos, Lucas Evangelista tocou com a mão dentro da grande área e o juiz marcou o pênalti. Na cobrança, Fagúndez não perdoou.

FICHA TÉCNICA
NACIONAL-URU 3 X 0 RED BULL BRAGANTINO

Local: Estádio Gran Parque Central, em Montevidéu (URU)
Data: 24 de maio de 2022, terça-feira
Horário: às 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)
Assistentes: Alexander Guzman e Wilmar Navarro (COL)
Cartões amarelos: Lozano, Fagúndez e Cándido (Nacional); Praxedes, Miguel, Natan e Helinho
Gols:
Nacional: Trezza (9'do 1T), Cándido (30' do 2T) e Fagúndez (38' do 2T)

NACIONAL: Sergio Rochet; Lozano (José Rodríguez), Léo Coelho, Nicolás Marichal e Camilo Cándido (Christian Almeida); Yonathan Rodríguez, Carballo, Alfonso Trezza e Zabala (Otormín); Alex Castro (Fagúndez) e Emmanuel Gigliotti (Ignacio Ramírez).
Técnico: Pablo Repetto

BRAGANTINO: Cleiton; Hurtado, Léo Ortiz, Natan (Jan Hurtado) e Ramon; Praxedes, Jadsom (Alerrandro) e Eric Ramires (Lucas Evangelista); Artur, Ytalo (Miguel) e Helinho.
Técnico: Maurício Barbieri

Deixe seu comentário