Real Madrid não terá Benzema e Modric, mas Ramos deve voltar à defesa

São Paulo, SP

16-10-2015 11:51:25

Um dos poucos invictos do Campeonato Espanhol até a oitava rodada, ao lado do Celta de Vigo, o Real Madrid irá a campo contra o Levante, neste sábado, ligeiramente modificado. Prejudicado pela lesão de peças importantes, como o atacante Benzema e o meia Modric, que sentiram problemas enquanto serviam às seleções, Rafael Benítez poderá contar, ao menos, com a volta de Sergio Ramos, recuperado de problema no ombro.

O zagueiro, há cerca de um mês, sofreu um mau jeito no ombro direito na partida contra o Shakhtar Donetsk, no jogo inaugural da Liga dos Campeões. O problema físico impediu Sergio Ramos de defender a Espanha nas últimas partidas das Eliminatórias da Eurocopa, quando a seleção de Del Bosque confirmou vaga para tentar conquistar o tricampeonato do torneio europeu.

Depois de servir à seleção francesa em amistoso, já que a França não jogou Eliminatórias por ser o país sede da competição em 2016, Benzema sentiu uma lesão no tornozelo e deve ficar de fora por três semanas, realizando tratamento. Com isso, a presença do atacante diante do PSG, em confronto pela Liga dos Campeões, já é colocada como dúvida.

O croata Modric, que novamente sentiu a sobrecarga física ao atuar pela Croácia, não será relacionado para o jogo contra o Levante, no Bernabéu, mas deve atuar em Paris sem maiores problemas, já que o exame de imagem não detectou nenhum problema mais sério. O brasileiro Danilo, por sua vez, segue trabalhando com bola e será reavaliado na próxima semana.

Fora as lesões, a falta de ritmo também pode atrapalhar os planos de Benítez em termos de escalação. O costarriquenho Keylor Navas, o brasileiro Marcelo e o galês Bale, por exemplo, realizaram apenas um treinamento e ainda não têm presença confirmada diante do Levante. Tendo de calcular para armar a equipe, Benítez teve a atenção roubada durante a coletiva ao responder sobre Raúl González, que, recentemente, confirmou aposentadoria para novembro.

“Tudo que eu falar dele vai ser positivo. E o que ele vai fazer dependerá só dele. Já falei com ele sobre trabalho algumas vezes, mas do futuro nunca se sabe. Ele é inteligente e tem muita capacidade para analisar o que ocorre dentro de campo ou fora dele. Ele que vai se decidir, mas independentemente do que escolher, fará isso bem”, declarou.

Deixe seu comentário