Baptista elogia coragem de juiz e vê justiça em expulsão de Matheus Reis

São Paulo, SP

03-07-2016 23:43:27

Eduardo Baptista afirmou ter achado a expulsão de Matheus Reis justa e elogiou árbitro (Foto: Reprodução)
Eduardo Baptista afirmou ter achado a expulsão de Matheus Reis correta e elogiou árbitro (Foto: Reprodução)

Após a polêmica expulsão do lateral esquerdo Matheus Reis, durante a vitória da Ponte Preta por 1 a 0 sobre o São Paulo neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro, o técnico da Macaca, Eduardo Baptista, deu sua opinião sobre o a decisão do árbitro Vinícius Furlan.

Durante participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, o treinador da Macaca afirmou que o juiz da partida agiu certo e com coragem ao voltar atrás em sua decisão inicial e dar o cartão vermelho para o lateral tricolor. "Eu estava a três metros e, pelo grito do jogador, achei que ele tinha quebrado a perna", afirmou. "O jogador do São Paulo vai com as travas da chuteira. O árbitro foi corajoso. Lance para expulsão em uma conduta temerária do jogador", completou.

A grande polêmica se deu pela demora na aplicação do cartão vermelho. Após o lance, em que o são-paulino Matheus Reis entra por cima e faz a falta no pontepretano Matheus Jesus, o árbitro Vinícius Furlan aplicou apenas o cartão amarelo ao jogador do Tricolor. Porém, quando a partida estava pronta para ser reiniciada, o juiz da partida foi conferir a situação do atleta da Macaca e resolveu voltar atrás, expulsando o lateral do São Paulo pela infração.

Respondendo sobre uma suposta influência na decisão do árbitro, Eduardo Baptista foi contundente ao afirmar que Vinícius Furlan expulsou Matheus Reis por realmente ver a gravidade da entrada faltosa do jogador. "Na hora que (Matheus Jesus) abaixa a meia, tem quatro riscos, que pegam de fora a fora a perna dele", explicou. "A expulsão não aconteceu por uma pressão minha ou de outra pessoa. Foi por conta da entrada imprudente. Se o Matheus (Jesus) está com o pé preso no chão, ele não joga mais nesta temporada", encerrou.

Com a expulsão aos 10 minutos da primeira etapa, a Ponte Preta jogou com um jogador a mais durante quase todo o jogo e conseguiu construir a vitória por 1 a 0, que levou a equipe de Campinas à oitava colocação do Campeonato Brasileiro, com 20 pontos.

O próximo compromisso da Macaca no torneio nacional está marcado para o próximo sábado, às 21h (de Brasília), diante do Sport, no Moisés Lucarelli.

Deixe seu comentário