Principais jogadores do PSG aceitam reduzir salários pela metade, aponta jornal

São Paulo, SP

09/04/20 | 09:57 - 09/04/20 | 09:58

Com o intuito de combater a escassez de recursos em meio à crise do novo coronavírus, os jogadores do PSG com salários mais altos estariam dispostos a diminuí-los em 50%. A informação foi publicada pelo jornal Le Parisien.

Foto: Philippe Desmazes/AFP

Apesar do periódico francês não ter divulgado uma lista, está explicito que apenas os atletas mais bem pagos do elenco sofreriam essa redução salarial. Do outro lado, os que recebem menos, receberiam cortes menores.

Ainda de acordo com a publicação, a decisão foi tomada após um acordo entre o comitê organizador do Campeonato Francês e o sindicato dos jogadores. A reunião definiu que os atletas que recebem mais de R$ 550 mil por mês seriam submetidos aos cortes pela metade.

Para jogadores que recebem até R$ 280 mil, os cortes seriam de 40%. Aos que recebem a partir de R$ 115 mil, a redução seria de 30%. Por fim, a contenção de 20% se aplicaria aos que recebem pelo menos R$ 55 mil.

Também fica claro que qualquer um dos jogadores pode recusar a proposta de redução. No caso específico do PSG, o jornal destaca que a redução salarial serviria como uma maneira de dar exemplo para os outros clubes.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário