O dia a dia do confinamento dos astros sul-americanos do PSG

AFP - São Paulo,SP

11-06-2020 11:12:22

Piano, mecânica, pesca: astros sul-americanos do Paris Saint-Germain, como Neymar, Thiago Silva e Cavani, recorreram a seus hobbies durante esses meses de quarentena em seus respectivos países, tentando manter a forma.

Estilo ousado no caso de 'Ney', familiar para o zagueiro brasileiro e "natureba" para o atacante uruguaio... cada um com seu confinamento, que os fãs puderam acompanhar por meio das redes sociais.

O goleiro costarriquenho Keylor Navas também voltou ao seu país, mas ele é muito mais discreto: se limitou a publicar versos da Bíblia ou pedir à população que respeitasse as regras de distanciamento social impostas pelas autoridades de saúde.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Seamos responsables. Que Dios los bendiga! Juntos saldremos adelante. 🌍 🙏🏻

Uma publicação compartilhada por Keylor Navas Gamboa (@keylornavas1) em

Embora a retomada dos treinos no PSG esteja agendada para 22 de junho, os jogadores podem ter que passar por uma "quinzena voluntária" em seu retorno à França, especialmente aqueles vindos do Brasil, onde a curva de pandemia está em ascensão. Nesse período, eles não ficaram inativos, seguiram à risca um plano de preparação física.

"Estou treinando até mais forte na verdade, com mais atividades para compensar a falta de jogos", disse Neymar em meados de maio, em um comunicado divulgado por sua assessoria de imprensa.

Seu preparador físico, Ricardo Rosa, está confinado com ele em uma vila de luxo com uma sala de musculação totalmente equipada em Mangaratiba, cidade costeira perto do Rio.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Work hard baby 🔥

Uma publicação compartilhada por ene10ta Érre 🇧🇷 👻 neymarjr (@neymarjr) em

Sua conta do Instagram está cheia de fotos e vídeos do craque fazendo todos os tipos de exercícios, sem camisa, mostrando os músculos abdominais.

Piano e DJ

Também confinado em Mangaratiba, onde alugou uma casa, Thiago Silva prefere emendar sprints ou aprimorar seus chutes num campo de futebol vazio.

Mesmo em momentos de relaxamento, ele foi visto brincando com seus filhos e sua esposa jogando uma mistura de futebol e tênis de mesa. E quando não está chutando a bola, o capitão da equipe parisiense se diverte da melhor maneira possível, brincando com uma pipa ou consertando um carro.

Neymar, enquanto isso, descobriu uma nova paixão pelo piano. Um pouco hesitante, ele brindou seus fãs com acordes de "All of Me", de John Legend. O atacante brasileiro também adora música eletrônica: ele foi amplamente criticado pela imprensa por receber a DJ Barbara Labres e uma amiga sua em pleno confinamento total.

Em março, as imagens dele cercado por cinco amigos em um campo de futebol repercutiram muito mal e sua assessoria se apressou para garantir que eram "pessoas em quarentena com ele, vivem e viajaram juntas de Paris até o Brasil".

Também se falou muito em "Ney" devido ao seu novo "padrasto", Tiago Ramos, de 22 anos, 30 anos mais jovem do que a mãe do craque (e seis anos mais novo que o jogador).

Um ativista LGBTQ+ entrou com uma representaçao do Ministério Público de São Paulo  depois que a imprensa vazou um áudio de uma conversa entre Neymar e seus amigos, repleta de comentários homofóbicos contra Tiago.

Hambúrguer personalizado

Isolado com sua família em sua propriedade bucólica em Salto, a 400 km de Montevidéu, Cavani publicou nas redes sociais uma série de fotos com sua esposa e filha bem ao estilo campestre ou de belas imagens de pôr-do-sol com uma paisagem esplêndida.

Em um vídeo, ele aparece capinando um lote com uma foice, com a mensagem: "Trabalhando 'abdominais oblíquos'". Em outras imagens, são as varas de pesca que aparecem na margem de um lago.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Trabajando “abdominales oblicuos”👌

Uma publicação compartilhada por Edinson Cavani (@cavaniofficial21) em

Uma aparente calma no momento em que o maior artilheiro da história do PSG, cujo contrato termina em 30 de junho, é alvo de vários rumores de transferência.

Thiago Silva já sabe que não ficará no PSG na próxima temporada. Os torcedores do Fluminense iniciaram uma operação para convencer o zagueiro de 35 anos a voltar ao seu clube que o revelou.

A hashtag #VoltaMonstro (seu apelido) foi escrita na embalagem de um hambúrguer enviado especialmente para sua casa: "Vou ficar mal acostumado e engordar", brincou. Algo que não é ideal antes de retomar os treinamentos.

Deixe seu comentário