Paraná tenta interromper sequência negativa diante do CRB

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba,PR

08-10-2016 09:00:01

Depois de perder cinco partidas consecutivas pela Série B do Campeonato Brasileiro, o Paraná Clube precisa da reabilitação em casa, neste sábado, às 21 horas (de Brasília), diante do CRB, na Vila Capanema. A expectativa é de um clima tenso pela indignação do torcedor, mas ainda resta esperança de que um bom futebol possa trazer de novo as arquibancadas para o jogo.

O técnico Roberto Fernandes, que vai para seu terceiro jogo em busca de sua primeira vitória no comando da equipe, novamente pode fazer ajustes, incluindo no esquema tático. A equipe é mantida sob mistério e, a única certeza fica por conta da ausência do volante Anderson Uchôa, que cumpre suspensão pelo terceiro amarelo.

Para o meia Nadson, a atual fase do Tricolor não tem muita explicação, já que a equipe tem demostrado vontade que, na prática, não tem se transformado em resultados positivos. “Difícil explicar, porque a gente vem trabalhando e se se dedicando, mas o resultado não aparece. Só que o importante é não baixar a cabeça, porque o campeonato não acabou ainda”, avaliou.

O Galo, que está no meio da classificação, sofre pressão do torcedor também após a queda de rendimento e agora quer buscar pontos preciosos fora de casa para tentar se aproximar novamente do G4. O técnico Mazola Júnior tem como principal dúvida o goleiro Júlio César, que depende do departamento médico. Pelo meio, Somália voltou a trabalhar e pode ser uma boa opção para o setor.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ X CRB

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 08 de outubro de 2016, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido R. de Souza (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (Asp.Fifa-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (Asp.Fifa-SP)

PARANÁ: Marcos; Leandro Silva, Pitty, Alisson e Rafael Carioca; Wellington Reis, Murilo Rangel, Henrique, Nadson e Diego Tavares; Lúcio Flávio
Técnico: Roberto Fernandes

CRB: Juliano; Marcos Martins, Adalberto, Gabriel e Diego; Matheus Galdezani, Olívio, Gerson Magrão; Luidy (Roger Gaúcho), Zé Carlos (Neto Baiano) e Welinton Junior (Assisinho)
Técnico: Mazola Junior

Deixe seu comentário