Desinteressados, Criciúma e Paraná não tiram o zero do placar

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba,PR

02-10-2015 21:28:18

Demonstrando pouco interesse na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro, Criciúma e Paraná Clube fizeram um jogo morno na noite desta sexta-feira, no Estádio Heriberto Hulse, e não conseguiram tirar o zero do placar. Com o resultado, os donos da casa chegam aos 36 pontos, na 13ª colocação. Logo à frente vem a equipe paranista, com 37 pontos ganhos.

O Tigre começou a partida buscando manter a posse de bola e encontrar os espaços para atacar, mas encontrava forte marcação. Aos quatro minutos, bom lançamento de Roger Guedes para Guilherme Santos, mas a bola correu demais e se perdeu pela linha de fundo. Na resposta, aos oito, Rafael Costa arriscou o tiro de longe e a bola passou perto do poste.

Pressão catarinense aos 11 minutos, com Roger Guedes, que recebeu em ótima posição, mas errou a finalização por muito. Quem chegou mais próximo foi Adalberto, que aproveitou cobrança de escanteio e testou para boa defesa e Felipe Alves. O troco quase foi fatal, com Paulo Henrique, que soltou o pé e carimbou o travessão.

Aos poucos, o Tricolor da Vila equilibrou as ações e criava suas oportunidades. Aos 24 minutos, Fernandes arriscou mais um chute, desta vez para fora. Boa jogada de Maicon Silva pela lateral, mas o cruzamento não encontrou ninguém na área. O ritmo da partida caiu no final da primeira etapa. Aos 42 minutos, Maurinho lançou e Hugo se esforçou para dominar, sem sucesso.

Para o segundo tempo, os times retornaram sem mudanças. O Criciúma novamente tentou iniciar uma pressão, mas a marcação seguia forte. Aos sete minutos, Paulinho dominou bonito no peito e chutou pela linha de fundo, com perigo. Cobrança de falta para o Tigre, aos 13 minutos, e Natan chutou por cima da meta, raspando a trave.

O ritmo caiu mais uma vez, com duas equipes sem muita vontade – ou qualidade - refletindo a posição na tabela de classificação. Os dois treinadores começaram a queimar todas as alterações, mas o panorama não modificava. Aos 29 minutos, Guilherme Santos desviou de cabeça na área e Felipe Alves ficou com a bola. De longe, Hugo, aos 37 minutos, arriscou nas mãos do goleiro paranista. Aos 45, Ricardinho dominou na área, teve a chance de servir Danilo, mas deu de presente para a zaga. E ficou nisso.

Na próxima rodada, o Criciúma encara o Bragantino, terça-feira, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Já o Paraná Clube recebe o Oeste, no mesmo dia, na Vila Capanema, em Curitiba

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA 0 X 0 PARANÁ

Local: Estádio Heriberto Hulse, Criciúma (SC)
Data: 02 de outubro de 2015, sexta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva (Asp.Fifa-PE) e Bruno Cesar Chaves Vieira (PE)
Cartões amarelos : Marcão, Guilherme Santos (Criciúma); Jean e Danilo (Paraná)
Público : 2.624 pessoas
Renda : R$ 27.910,00

CRICIÚMA: Luiz; Maicon Silva, Joílson, Adalberto e Guilherme Santos; Paulinho (Neto Baiano), Marcão, Natan (Rodrigo), Maurinho (Dudu) e Roger Guedes; Hugo
Técnico: Dejan Petkovic

PARANÁ: Felipe Alves; Ricardinho, Luciano Castán, Zé Roberto e Fernandes; Jean, Rosinei (Hélder), Éder (Danilo), Rafael Costa e Rafael Carioca; Paulo Henrique (Carlão).
Técnico: Fernando Miguel

Deixe seu comentário