Weverton reconhece que Palmeiras precisa melhorar, mas critica arbitragem após empate

São Paulo, SP

15-08-2020 23:48:40

Em sua estreia como mandante no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras ficou no empate por 1 a 1 contra o Goiás na noite deste domingo. Na saída do gramado do Allianz Parque, o goleiro Weverton reconheceu que o time precisa melhorar, mas reclamou da arbitragem de Paulo Roberto Alves Júnior.

No primeiro tempo, o Palmeiras saiu na frente por meio de cabeçada de Gustavo Gomez e sofreu o empate em cobrança de falta de Rafael Vaz. Na etapa complementar, contra um adversário com 15 desfalques, o time defendido por Weverton foi incapaz de marcar o segundo.

“Quem pensa em título, não pode ficar tantos jogos sem pontuar. Já são dois jogos e dois pontos. Temos que melhorar, entrar o mais rápido possível no campeonato e procurar melhorar nosso desempenho dentro de campo. O título (paulista) foi uma maravilha, mas já passou e, agora, temos que entrar de cabeça no Brasileiro”, disse.


O gol marcado pelo Goiás saiu em uma falta assinalada de maneira equivocada por Paulo Roberto Alves Júnior, já que Victor Andrade simulou ter sido atingido por Patrick de Paula. Sem citar o lance, Weverton reclamou do trabalho do juiz no Allianz Parque.

“O árbitro parou o jogo mais que o time do Goiás. Não é desculpa para a gente. Eles vieram, pelo menos, para buscar o empate, com todo respeito. O cara sabe disso e passa o jogo todo cozinhando? A gente tem que melhorar nosso desempenho, mas precisa ver essa questão da arbitragem também”, declarou.

Após empates consecutivos contra Fluminense e Goiás, o Palmeiras soma dois pontos na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Pela quarta rodada, às 19h30 (de Brasília) desta quarta-feira, o time alviverde volta a campo para enfrentar o Athletico-PR, na Arena da Baixada.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?