Vice-artilheiro quer trazer dicas de Zé Roberto e vontade de Dudu para base

Edoardo Ghirotto - São Paulo , SP
03/01/2016 10:00:36

Em: Copa São Paulo de Juniores, Futebol, Palmeiras
Kaue (à dir.) marcou oito gols pelo sub-20 do Palmeiras na última temporada (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
Kaue (à dir.) marcou oito gols pelo sub-20 do Palmeiras na última temporada (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O Palmeiras estreia nesse domingo na Copa São Paulo de Juniores, contra o Sampaio Corrêa, escalado com um jovem que pretende trazer para as categorias de base a postura aguerrida do atacante Dudu. Kaue, que completará 19 anos na segunda-feira, será o responsável por liderar o setor ofensivo do Verdão no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos. Ele conta com a experiência de ter sido relacionado para um jogo do Brasileirão de 2015 e espera explorar os fundamentos aprendidos com o camisa 7 nos treinos do time profissional.

Assim como o ídolo Dudu, Kaue tem braços e pescoço tatuados e um faro de gol apurado. Ele foi autor de oito gols pela base do Palmeiras na última temporada e acabou com a vice-artilharia do sub-20 – Juninho, com 14 gols, foi o principal goleador do ano. O atacante, agora, quer se apresentar à torcida com a garra que caracterizou o primeiro ano de Dudu no Verdão. “Eu me inspiro muito nele. Chama a minha atenção a vontade dele. Não tem tempo ruim para o Dudu e admiro muito isso”, disse o garoto. “Fiz uns treinos na equipe principal e trabalhei bastante com ele. Ele me disse que preciso trabalhar firme e forte para alcançar os objetivos, porque é difícil”.

Kaue também quer passar aos jovens companheiros os conselhos que ouviu de Zé Roberto. O jogador viajou com o grupo profissional para enfrentar o Internacional no dia 9 de setembro, no estádio Beira-Rio, e dividiu o quarto da concentração com o veterano de 41 anos. “Conversei bastante com o Zé. Ele me passou bastante experiência e contou um pouco de sua história. Disse para eu ter confiança no meu trabalho caso o professor precisasse de mim, para ficar tranquilo e não me impressionar com a torcida adversária. É um cara que me ajudou bastante no momento que mais precisei”, contou.

Como motivação para a Copinha, o atacante usa a ascensão meteórica de Gabriel Jesus ao profissional. O xodó da torcida chamou a atenção na última edição do torneio e garantiu uma vaga no grupo profissional após se destacar entre os juniores. “O Gabriel Jesus teve seu maior destaque na Copinha. Foi onde ele teve a oportunidade e abraçou. Essa é uma competição que dá bastante visibilidade para todos, então eu vejo nele um exemplo e espero seguir os mesmos passos”, disse Kaue, que é amigo de Jesus até os dias hoje.

Embora sonhe com a vaga entre os profissionais, Kaue garante estar focado na briga pelo inédito título da Copinha. O Verdão chegou às finais em 1970 e 2003, mas foi derrotado em ambas as ocasiões. “Esse é meu sonho. Essa equipe entrará para a história do Palmeiras se for campeã. E nós vamos com tudo para conseguir isso”, concluiu o aspirante a camisa 9.




  • Palmesperto

    KAUE

    APROVEITE

    E SEJA SOCIO AVANTI

  • Palmeirense caipira

    Me sentindo decepcionado com a atuação da garotada contra o Sampaio Correia. Time sem talentos e com o mesmo padrão tático do principal, ou seja, nenhum.

    • Palmesperto

      VAMO ANIMAR HOMI

×
Quer receber notícias do Palmeiras?