Simon revê Obina e confessa erro contra o Palmeiras em 2009

São Paulo, SP

01-05-2018 14:24:00

O ex-árbitro Carlos Eugênio Simon e o centroavante Obina se reencontraram em um programa da emissora Fox Sports. O antigo juiz, hoje comentarista do canal por assinatura, confessou ter errado contra o Palmeiras em uma partida do Campeonato Brasileiro 2009 e pediu desculpas ao atleta.

Em jogo válido pela 34ª rodada, o Palmeiras enfrentava o Fluminense, no Estádio do Maracanã. Ainda no primeiro tempo, de cabeça, Obina abriu o placar, mas Simon marcou falta do atacante. Derrotado por 1 a 0, o time alviverde perdeu a liderança para o São Paulo.

"Não foi escanteio, era tiro de meta”, disse Simon, sobre o lance que originou o gol. “Depois, foi cobrado o escanteio, o zagueiro afastou, deu rebote e o Obina fez. Apitei antes. Hoje, assumo que errei. Era tiro de meta, fiquei com a pulga atrás da orelha. O cara dá perigo de gol. Muitas vezes, dá certo. Essa, não”, afirmou o ex-árbitro.

Carlos Eugênio Simon percebeu que havia falhado ao ver o lance pela televisão. “De fato, o lance era tiro de meta, foi um equívoco. Tentei acertar e acabei errando. Se acontece o gol, o outro lado iria reclamar, pois era tiro de meta", afirmou, sentado ao lado de Obina.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Na ocasião, Luiz Gonzaga Belluzzo, então presidente do Palmeiras, criticou asperamente Simon e, processado pelo árbitro, foi condenado a pagar R$ 60 mil. Em 2012, o juiz disse que Obina admitiu ter cometido falta no lance e foi desmentido pelo atleta.

Derrotado pelo Fluminense, o Palmeiras não conseguiu se recuperar e acabou fora até do G4. Já o time do Rio de Janeiro ganhou fôlego em sua tentativa de permanecer na Série A do Campeonato Brasileiro. O Flamengo terminou como campeão nacional em 2009.

 

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?