Guedes explica gol "sem querer" e palmeirenses celebram vitória

São Paulo, SP

03-06-2016 00:29:28

Róger Guedes, de costas, fez o segundo do Palmeiras na vitória por 4 a 3 sobre o Grêmio (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)
Róger Guedes, de costas, fez o segundo do Palmeiras na vitória por 4 a 3 sobre o Grêmio (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O dia 2 de junho de 2016 certamente será inesquecível para os jogadores do Palmeiras, que venceu o Grêmio por 4 a 3, na noite desta quinta-feira, no Estádio do Pacaembu, em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Um dos que guardará a partida para sempre na memória será o jovem Róger Guedes. O atleta de apenas 19 anos entrou no segundo tempo para colocar velocidade no time de Cuca e fez o gol de empate do Verdão, iniciando a reação alviverde.

Aos 11 minutos da etapa final, logo após a virada gremista, Róger recebeu de costas após bate-rebate na área e chutou assim mesmo, encobrindo o goleiro Bruno Grassi em um lance de rara felicidade. Segundo o camisa 23, a intenção, de fato, era cruzar a bola para algum companheiro completar.

"A intenção foi chutar mesmo. Vi que o goleiro estava muito na primeira trave. A intenção foi colocar na segunda trave. Se alguém entrasse ali, também... Mas fui feliz em fazer o gol", reconheceu o meia-atacante.

Quem também saiu do gramado do estádio municipal com o moral elevado foi Dudu, que foi decisivo na vitória alviverde ao dar três assistências: no primeiro, terceiro e quarto tentos alviverdes. Na saída de campo, o camisa 7 preferiu, porém, enaltecer o desempenho da equipe.

"Está de parabéns por ter feito um grande jogo. Buscou o resultado a todo instante. Grêmio é um grande time, está vivendo um grande momento. O time está de parabéns pelo resultado", celebrou, comentando o gol do companheiro Guedes.

"Hoje (quinta-feira), o Guedes entrou muito bem, fez um gol. Acho que com um pouco de sorte, mas foi um golaço. Está de parabéns o time pelo jogo que fez hoje. Agora, é descansar e pensar no Flamengo domingo", projetou Dudu.

Já o lateral direito Jean chamou a atenção para o aspecto defensivo do Palmeiras, embora tenha elogiado o setor de criação. "Ofensivamente, nós criamos muito. Mas tem que tomar cuidado, principalmente defensivamente, que tomamos gols que não pode, principalmente time que quer ser campeão. A gente vai brigar até o fim, então tem que tomar muito cuidado nos ataques do adversário", ressaltou.

Com nove pontos somados em cinco rodadas, o Palmeiras ocupa a quinta colocação do Brasileiro. O próximo compromisso será o Flamengo, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Estádio Mané Garrincha, na capital federal, onde o Alviverde buscará seus primeiros pontos fora de casa na competição nacional.

Deixe seu comentário