Presidente do Fluminense assegura continuidade de Scarpa em 2017

São Paulo, SP

14-12-2016 16:00:36


Após fazer um bom Campeonato Brasileiro com a camisa do Fluminense, o meia Gustavo Scarpa entrou no radar do Palmeiras, atento a possíveis reforços para a próxima temporada. De acordo com Pedro Abad, novo presidente do time tricolor, o atleta permanecerá no Rio de Janeiro em 2017.

“Certamente, o Scarpa começa o ano com a gente”, assegurou o dirigente em entrevista à ESPN Brasil. “Depois, o futuro a Deus pertence. Mas ele continua certamente no Fluminense. A gente quer que fique muitos anos no clube”, completou o mandatário.

Gustavo Scarpa tem contrato com o Fluminense até 2019 e já há uma renovação até 2021 engatilhada. Algumas diferenças de valores, no entanto, vêm adiando a oficialização do novo vínculo, o que abriu brecha para a entrada do Palmeiras, campeão brasileiro e classificado à Copa Libertadores.

“O Scarpa é atleta do Fluminense e tem um contrato longo. Está sendo tratada uma reformulação do vínculo por período ainda maior, no sentido de que fique muito tempo no clube. O que posso dizer ao nosso torcedor é que não temos nenhum interesse em negociar o atleta”, afirmou Abad.

Gustavo Scarpa tem a carreira administrada pela empresa OTB Sports e seu contrato com o Fluminense prevê uma multa rescisória de aproximadamente R$ 36 milhões. O alto valor dificulta uma eventual investida do Palmeiras, patrocinado pela Crefisa/FAM.

“É natural que um atleta desse nível seja procurado por outros clubes, é normal do mercado. Mas a gente quer deixar o torcedor do Fluminense tranquilo. Estamos procurando aumentar ainda mais o vínculo para que ele fique o maior tempo possível no Fluminense”, reiterou Abad.

O Palmeiras já encaminhou as contratações dos meias Raphael Veiga (Coritiba) e Hyoran (Chapecoense), além do atacante Keno (Santa Cruz). O meia venezuelano Alejandro Guerra (Atlético Nacional) também pode defender o time brasileiro em 2017.

O clube também já renovou os contratos do goleiro Jailson (dois anos), do lateral esquerdo Zé Roberto (um ano) e do centroavante Alecsandro (um ano). O volante Gabriel, vinculado até o final de 2016, tem boas chances de ficar. Já o zagueiro Roger Carvalho e o lateral direito Fabiano devem sair.

Deixe seu comentário