Paulo Nobre diz que Palmeiras irá atrás de goleiro se for necessário

São Paulo, SP

10-08-2016 08:21:10

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, disse que o técnico Cuca não fez nenhum pedido para a diretoria viabilizar a contratação de um novo goleiro. Mas admitiu que o clube buscará um reforço no mercado de transferências caso julgue necessário. O arqueiro Felipe Alves, do Oeste, interessa ao Verdão e já recebeu uma sondagem da diretoria.

O interesse em trazer um novo goleiro surgiu após Fernando Prass fraturar o cotovelo direito durante a preparação da Seleção Brasileira para as Olimpíadas do Rio de Janeiro. O arqueiro de 38 anos foi operado na semana passada e só voltará a defender o Palmeiras em 2017.

Vagner foi escolhido por Cuca para assumir a titularidade no Brasileirão, mas três atuações irregulares fizeram com que ele perdesse a posição para Jailson. O novo guardião da meta alviverde se destacou no triunfo por 2 a 1 contra o Vitória, no último domingo, e seguirá na equipe principal nas próximas rodadas.

"O Cuca não pediu absolutamente nenhum goleiro. Conversamos sobre isso quando o Prass se machucou. Ele me disse que confiava muito nos dois goleiros que tinha e que iria testá-los nos jogos, porque os treinos são diferentes. Os dois treinam muito bem. O Vagner é muito bom nos treinos. Ele sentiu um pouco, mas confio muito nele e não dá para tirar conclusões precipitadas. O Jailson foi muito bem, mas, se for necessário, vamos atrás de outro goleiro", disse Nobre, em entrevista à Rádio 89FM.

O presidente ainda elogiou o desempenho de Jailson. Contra o Vitória, o goleiro fez a primeira partida da carreira numa Série A do Brasileiro. "Ele tem um astral muito bom. E todo mundo tem muito respeito por ele. É o chefe das brincadeiras no time. Houve um momento no jogo contra o Vitória que ele deu uma dura em geral. E dá para ver que todo mundo respeita", afirmou.

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press
Jailson ganhou moral após praticar defesas importantes contra o Vitória (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Fã de Cuca - o técnico "ideal para o atual momento do Palmeiras" -, Nobre se mostrou favorável às conversas com os jogadores que apresentarem problemas de rendimento. A prática é muito utilizada pelo treinador para manter o moral do time em alta.

Após o triunfo contra o Vitória, Cuca pediu a palavra nas orações do grupo, ainda nos vestiários, e dedicou o resultado ao goleiro Vagner. Os jogadores fizeram o mesmo após o duelo e pediram para que o jogador não abaixe a cabeça com as atuações ruins que obteve no Brasileirão.

"O Cuca tem essa característica de querer estar muito próximo e de gostar de conversar. Mas a conversa que ele tem é uma. Eu sou presidente, estou próximo e falo com eles se sentir que o jogador precisa de uma força. Eu converso da minha maneira e dou apoio. E passo tranquilidade ao elenco, porque fora de campo eu boto a perna em todas as divididas. Mas, dentro de campo, peço que todos façam o mesmo", declarou.

Com 36 pontos, o Palmeiras lidera o Campeonato Brasileiro e conquistou o título simbólico do primeiro turno. O time fará nesta quarta-feira à tarde um jogo-treino, na Academia de Futebol, contra um adversário que não teve o nome revelado. O próximo compromisso da equipe será disputado no domingo, diante do Atlético-PR, na Arena da Baixada.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?