Palmeirense relata ameaça de agressão de Nunes, do Botafogo-SP

William Correia - São Paulo,SP

01-02-2016 17:21:54

Hoje com 34 anos, Nunes atrai a ira da torcida palmeirense desde 2003, quando comemorou gol sobre o clube imitando um porco na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior daquela temporada. E o centroavante segue provocador. Atualmente no Botafogo de Ribeirão Preto, o jogador é acusado de ameaçar atletas do Verdão durante a partida desse domingo.

“Trombei com ele uma hora no campo e ele ameaçou, disse que daria na minha cara. Mas é tranquilo. Não tenho medo dele, não”, contou o volante Thiago Santos, sorrindo ao comentar a provocação do adversário.

O estilo de Nunes já tinha sido alertado pelo técnico Marcelo Oliveira. “O Marcelo avisou que ele gosta bastante de usar o corpo, tirar o jogador da jogada. E que era para não entrar na provocação”, prosseguiu Thiago Santos.

Nesse domingo, em Ribeirão Preto, Nunes chegou a ser apartado após causar confusão com Leandro Almeida, ainda nos primeiros minutos de jogo. Sua postura fez Fernando Prass reclamar com o árbitro no intervalo.

“Recomendei atenção com o Nunes. Ele gosta de ficar apitando o jogo e causou confusões com três jogadores nossos diferentes”, disse o goleiro, que chegou a atuar ao lado do centroavante no Vasco, em 2010. Apesar da sugestão, o atacante não recebeu cartão ou qualquer menção na súmula da derrota de seu time por 2 a 0.

Nunes fez com que torcedores palmeirenses tentassem invadir o Pacaembu na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2003. O atacante comemorou um dos gols do Santo André imitando um porco e, nos pênaltis, o Verdão, que contava com Vagner Love em campo, perdeu o título.

Mais tarde, em 2009, Nunes voltou a mostrar desdém com o Palmeiras. Balançou as redes duas vezes na vitória por 2 a 0 do Santo André, pelo Campeonato Brasileiro, e, em seu segundo gol, com a meta vazia, olhou para um lado e chutou para o outro, com o goleiro Marcos caído ao seu lado.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?