Palmeiras perde do Figueirense e vê sonho acabar nas oitavas da Copinha

São Paulo , SP
15/01/2019 23:40:22 — 16/01/2019 01:53:13

Em: Copa São Paulo de Juniores, Escolha do editor, Figueirense, Futebol, Palmeiras

O sonho de conquistar a Copa São Paulo de forma inédita em 2019 acabou para o Palmeiras na noite desta terça-feira. Jogando na Arena Capivari, o time alviverde viu o Figueirense ser mais eficiente e foi derrotado por 2 a 1, em duelo válido pelas oitavas de final da mais tradicional competição de base do Brasil.

Buscando repetir a campanha de 2008, quando se sagrou campeão sob o comando de Rogério Micale, o Figueirense enfrentará o Guarani nas quartas de final da Copinha. O time campineiro derrotou o Botafogo por 1 a 0 em outro duelo disputado nesta terça-feira. O confronto valendo vaga nas semifinais do torneio será realizado na próxima quinta, às 19h15 (de Brasília), em São Carlos.

Desfalcado por sete atletas, sendo seis convocados para defender a Seleção Brasileira sub-20 no Sul-Americano do Chile e um chamado pelo Paraguai, o Verdão se despede da edição 2019 da Copinha com quatro vitórias e duas derrotas. Já o Figueirense é o único time da competição com seis jogos realizados que mantém 100% de aproveitamento.

Empurrado pela torcida, o Palmeiras começou melhor e quase saiu na frente aos quatro minutos. Após dar um lindo chapéu no marcador, o atacante Guilherme Vieira invadiu a área e bateu para fora. O Figueirense, por sua vez, era perigoso nos contra-ataques. Após bate-rebate na área alviverde, Echaporã pegou a sobra e exigiu boa defesa de Matheus Teixeira.

O Verdão respondeu com o atacante Airton, que desviou cruzamento na primeira trave e viu a bola passar rente ao travessão. Aos 39 minutos, o Figueirense abriu o placar. Em cobrança de falta frontal, mal marcada pelo árbitro, João Diogo bateu forte no canto do goleiro, que não alcançou a bola.

Com duas alterações, o Palmeiras voltou pressionando e assustou aos três minutos, quando Marcus Meloni invadiu a área e bateu para a defesa em dois tempos do goleiro Vinicius. Pouco depois, o lateral direito cobrou falta com categoria e acertou o poste de Vinicius.

Os catarinenses, porém, continuaram levando perigo nos contra-ataques. Em um deles, aos 19 minutos, o meia Bruno recebeu passe na entrada da área e bateu forte e rasteiro. A bola passou entre as pernas de Matheus Teixeira e só parou no fundo do gol.

Em sua última cartada, o técnico Wesley Carvalho promoveu quatro substituições simultâneas. Na base do abafa, o Palmeiras descontou aos 39 minutos, quando Josué aproveitou sobra na pequena área para marcar de cabeça. Nos acréscimos, após Lincon acertar o travessão, Léo Passos completou para as redes, mas o auxiliar assinalou impedimento e acabou com o sonho alviverde.




×
Quer receber notícias do Palmeiras?