Palmeiras busca empate, mas Cruzeiro leva vantagem por semifinal

Bruno Ceccon - São Paulo, SP
28/06/2017 23:36:33 — 29/06/2017 03:24:23

Em: Copa do Brasil, Cruzeiro, Futebol, Palmeiras

Os 32.067 pagantes que estiveram no Estádio Palestra Itália viveram fortes emoções na noite desta quarta-feira. O Cruzeiro chegou a abrir 3 a 0, mas o Palmeiras conseguiu o empate por 3 a 3, resultado que garante aos mineiros a vantagem na briga por uma vaga na semifinal da Copa do Brasil pelos gols marcados fora de casa (avançam com 0 x 0, 1 x 1 ou 2 x 2 em Belo Horizonte).

Inoperante no primeiro tempo, o Palmeiras apenas assistiu os gols de Thiago Neves, Robinho e Alisson. Na etapa complementar, o time mandante entrou no jogo com dois gols de Dudu e, empurrado pela torcida, ainda conseguiu empatar por meio de Willian.

O jogo de volta será às 21h45 (de Brasília) de 26 de julho, no Mineirão. Na semifinal, o ganhador enfrenta Grêmio ou Atlético-PR. Pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 16 horas de sábado, o Palmeiras pega o Grêmio, no Pacaembu. Já o Cruzeiro, às 16 horas de domingo, encara o rival Atlético-MG, no Independência.

O Jogo – O Cruzeiro inaugurou o marcador no Palestra Itália logo aos seis minutos de jogo. Em um rápido contra-ataque, Diogo Barbosa recebeu pela esquerda e cruzou na medida para finalização de Thiago Neves. Zé Roberto tentou interceptar o passe de carrinho, sem sucesso.

O time mineiro conseguiu ampliar sua vantagem aos 19 minutos do primeiro tempo. Em uma jogada iniciada pela direita, Lucas Romero recebeu passe de cabeça de Rafael Sóbis, invadiu a área pela direita e cruzou para o ex-palmeirense Robinho completar.

Aos 30 minutos, Alisson recebeu nas costas de Fabiano e tocou por cobertura na saída de Fernando Prass. Pouco depois do gol, Cuca trocou Fabiano pelo lateral esquerdo Egídio, passando Zé Roberto para o meio e Tchê Tchê para a direita. A torcida cruzeirense, ironicamente, gritou o nome de Fabiano, que veio do time mineiro.

No intervalo, Cuca trocou Guerra por Borja, por desgaste físico. Logo aos seis minutos, após receber do colombiano, Dudu escorou dentro da área para chute de Zé Roberto. A sobra ficou com o próprio camisa 7, que completou de virada para marcar o primeiro do Palmeiras.

Com a torcida alviverde inflamada, o Palmeiras levou perigo em uma bicicleta de Willian e em uma cabeçada de Borja antes de marcar o segundo. Aos 16 minutos da etapa complementar, Dudu recebeu passe de cabeça de Borja e, do lado esquerdo da área, fuzilou o goleiro Fabio.

O Palmeiras manteve a pressão e empatou aos 20 minutos. Após bola lançada na área, Willian pegou de primeira e contou com um desvio para marcar. Mano Menezes, que já tinha trocado Lucas Romero por Hudson e Robinho por Ábila, colocou Henrique na vaga de Ariel Cabral. Cuca chegou a tirar Roger Guedes para a entrada de Keno, mas o empate persistiu.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 x 3 CRUZEIRO

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 28 de junho de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Alessandro A. Rocha de Matos (BA – FIFA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Público: 32.067 pagantes
Renda: R$ 1.996.242,72
Cartões amarelos: Thiago Santos, Fernando Prass e Willian (PAL); Rafael Sóbis, Ábila, Hudson (CRU)
Gols:
PALMEIRAS: Dudu, aos 6 e aos 16 minutos do 2º Tempo, e Willian, aos 20 minutos do 2º Tempo
CRUZEIRO: Thiago Neves, aos 6 minutos do 1º Tempo, Robinho, aos 19 minutos do 1º Tempo, Alisson, aos 30 minutos do 1º Tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Fabiano (Egídio), Yerry Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Thiago Santos e Tchê Tchê; Roger Guedes (Keno), Guerra (Borja) e Dudu; Willian
Técnico: Cuca

CRUZEIRO: Fábio; Ezequiel, Léo, Caicedo e Diogo Barbosa; Ariel Cabral (Henrique) e Lucas Romero (Hudson); Robinho (Ábila), Thiago Neves e Alisson; Rafael Sóbis
Técnico: Mano Menezes