Gazeta Esportiva

Marcos Rocha completa cinco anos de Palmeiras e exalta conquistas: "Escrevendo minha história"

São Paulo, SP

18/01/23 | 14:42

O dia 18 de janeiro é uma data especial para Marcos Rocha. Exatamente há cinco anos, o lateral direito fazia a sua estreia pelo Palmeiras, com uma vitória por 3 a 1 sobre o Santo André, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, pelo Campeonato Paulista. Após o treinamento desta quarta-feira, que encerrou a preparação do time para a partida desta quinta contra o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto (SP), pela segunda rodada do Estadual, o jogador comemorou a marca e exaltou suas conquistas.

Desde 2018, o camisa 2 soma 236 partidas (sendo 226 como titular), sete gols e 29 assistências. É o 60º atleta com mais jogos na história do Palmeiras, o oitavo no século e terceiro do atual elenco, atrás apenas do goleiro Weverton (268) e o atacante Dudu (402). Na casa palestrina, onde debutou, é o quinto com mais jogos na história (103) e o segundo com mais assistências (18, atrás só de Dudu, que tem 45).


“É uma marca muito expressiva para mim e para minha carreira. São cinco anos ganhando títulos, escrevendo minha história. É agradecer a todas as pessoas que conheci neste período, todos os funcionários do dia a dia... Passa um filme na cabeça, as dificuldades que encontrei no começo em me readaptar a um grande clube como o Palmeiras, de expressão e cobrança. Com bastante trabalho, tentei mostrar a minha qualidade e a minha importância dentro da equipe", afirmou o lateral, em declarações reproduzidas pela assessoria de imprensa do Palmeiras.

"Fico bastante feliz por tudo o que construí, com todas as vitórias e as derrotas que nos ensinaram a evoluir. Estar neste patamar que o clube está e fazendo parte deste grande elenco é muito gratificante. Espero continuar fazendo história, ganhando jogos e conquistando títulos”, prosseguiu Marcos Rocha, eleito pela CBF e pelo prêmio Bola de Prata como o melhor lateral direito do Campeonato Brasileiro de 2022.

Em cinco anos de Palmeiras, Marcos Rocha, hoje com 34 anos, já é bicampeão da Copa Libertadores (2020 e 2021), bicampeão do Brasileirão (2018 e 2022), bicampeão do Paulistão (2020 e 2022), campeão da Copa do Brasil (2020) e campeão da Recopa Sul-Americana (2022).

Deixe seu comentário