Leila revela valor emprestado ao Palmeiras para reforços e não vê conflito de interesses

São Paulo, SP

22-08-2021 14:10:33

Após a derrota para do Palmeiras para o Cuiabá, Leila Pereira, candidata à presidência do clube, comentou sobre questões relevantes envolvendo suas empresas que patrocinam o Verdão. Apesar de ser presidente da Crefisa e da FAM, a conselheira não acredita que terá pela frente um conflito de interesses caso seja eleita em novembro.

Em entrevista concedida à rádio Capital, Leila revelou o valor que já investiu de seu bolso para que o Palmeiras contratasse jogadores desde 2015, garantindo que o clube pagará 100% da dívida com os patrocinadores.

"Com relação às dívidas, esse tema já foi amplamente discutido e aprovado pelo Conselho Deliberativo do clube. O Palmeiras tem totais condições de cumprir com esses compromissos. Vai cumprir, não tenho dúvida alguma. O investimento que foi feito girou em torno de R$ 160 milhões, não tenho de cabeça o número exato", afirmou Leila.

"Uma parte dessa dívida já foi paga, porque ela é garantida pelos ativos, que são os jogadores. À medida que os jogadores são vendidos ou há qualquer receita relacionada a esses jogadores, o Palmeiras tem que restituir a Crefisa. O Palmeiras tem pago, essa dívida tem diminuído. Se o contrato desses jogadores com o clube vencer, o Palmeiras tem dois anos de prazo para restituir esse valor à Crefisa", completou.


Leila foi firme ao responder sobre um eventual conflito de interesses, destacando que poderá acionar o Conselho do Alviverde em eventuais situações que envolvam os patrocinadores.

"Se o associado me der a honra de ser presidente do clube, não tem nenhum problema, não vejo nenhuma incompatibilidade. Meu único objetivo é trabalhar para ter um clube cada vez maior e melhor. Tenho condições de contribuir com minha experiência como gestora de empresas. Não vejo nenhuma incompatibilidade. Sou conselheira do Palmeiras, fui reeleita e bati o meu próprio recorde, isso comprova a confiança que tenho do associado. Durante minha gestão, se houver alguma situação que envolva a Crefisa, encaminho para o Conselho Deliberativo, e o que ele decidir vai ser cumprido", disse a candidata.

Por fim, Leila deixou claro que sua intenção é renovar o contrato da Crefisa com o Palmeiras antes das eleições, evitando polêmicas. O vínculo do patrocínio com o clube é válido até o final deste ano.

"Nossa intenção é renovar esse contrato de patrocínio antes das eleições. Quero deixar claro que o que queremos é o melhor para o Palmeiras. Nas eleições, esse assunto do patrocínio estará sacramentado, porque nós pretendemos assinar esse contrato antes. É importante deixar claro que o valor permanecerá sendo o maior do futebol sul-americano", finalizou.

Deixe seu comentário