Futebol/Copa Flórida

Jailson brinca com pênaltis ‘intermináveis’: “Ia mandar na lua”

São Paulo , SP
16/01/2020 01:13:33 — 16/01/2020 01:35:45

Em: Futebol, Palmeiras

O Palmeiras teve de definir nos pênaltis quem levaria a melhor no confronto desta quarta-feira, contra o Atlético Nacional, da Colômbia, pela Copa Flórida. Após empate sem gols no tempo regulamentar, o Verdão acabou assegurando o triunfo na marca da cal, mas apenas após 20 cobranças, sendo dez de cada lado.

“Foi para começar o ano vem, ver se o coração está bom. Não fizemos um excelente jogo, começo de temporada é desse jeito mesmo, perna pesada, sem ritmo de jogo, mas estamos de parabéns e conseguimos vencer nos pênaltis”, afirmou Jailson em entrevista ao Sportv.

O Palmeiras foi impecável nas penalidades. Apesar de contar com muitos jovens recém-promovidos ao profissional no segundo tempo, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo teve 100% de aproveitamento na marca da cal e contou com a defesa de Jailson já na décima cobrança adversária para sair do estádio com o triunfo.

“A gente treinou bastante. Se eu tivesse que bater, estava preparado. A gente fica pensando que está chegando a nossa vez, mas no último consegui pegar. Se eu batesse, ia mandar na lua”, comentou, sempre bem-humorado, Jailson, que seria o próximo a cobrar, caso não tivesse feito a defesa no chute de Velazquez.

O Palmeiras volta a entrar em ação na Copa Flórida já no próximo sábado, às 16h (de Brasília), quando encara o New York City, que nesta quarta-feira perdeu para o Corinthians por 2 a 1. O Atlético Nacional, por sua vez, enfrenta o Timão, no mesmo dia, às 19h30.




  • João Leocádio da Anunciação

    Volta, Prassssss!!! Estaríamos bem com o Jailsão, mas Luxemburgo vai dar preferência ao Weverton T-Rex…

×
Quer receber notícias do Palmeiras?