Gustavo Gómez revela indicação de Barrios e vê Verdão em nível europeu

São Paulo , SP
10/12/2018 13:42:44

Em: Bastidores, Brasileiro Série A, Futebol, Palmeiras

Contratado pelo Palmeiras no mês de julho, o zagueiro paraguaio Gustavo Gómez não precisou de tempo algum para se adaptar e em pouco tempo assumiu um lugar importante dentro do elenco do Verdão. Com 17 partidas com a camisa do clube, o jogador marcou três gols e foi peça importante na conquista do Campeonato Brasileiro.

Apesar de chegar no meio da temporada, o desejo do Alviverde em contar com o defensor, que veio emprestado do Milan, não é recente. Tentando a contratação desde o início do ano, o Verdão contou a ajuda de um jogador que já não veste mais a camisa da equipe, mas que não poupou elogios na hora de comentar sobre o clube.

Gustavo Gómez rapidamente assumiu um papel importante no Palmeiras (Foto: Djalma Vassão / Gazeta Press)

“Tive várias ofertas de clubes da Itália, e da Espanha, mas o Palmeiras sempre esteve lá. Me deram muita confiança. Falei com alguns companheiros que jogaram no Palmeiras. O Lucas Barrios foi um dos que me disseram que aqui era como estar na Europa, e ele não mentiu. O Palmeiras tem nível europeu, uma estrutura similar ou melhor do que um clube europeu, se assemelha muito ao Milan”, avaliou o zagueiro em entrevista ao jornal Última Hora, do Paraguai.

Além do Palmeiras, Gustavo Goméz também foi alvo de desejo do Boca Juniors, que esteve muito próximo de acertar com o defensor paraguaio. Passados seis meses do acerto com o clube brasileiro, o zagueiro não se mostra nem um pouco arrependido, muito pelo contrário, chegando inclusive a considerar o acerto com o Alviverde uma de suas melhores decisões.

Zagueiro marcou três gols em 17 jogos com a camisa do Palmeiras (Foto: Fernando Dantas / Gazeta Press)

“No futebol europeu eu aprendi muito, conheci pessoas de sucesso no futebol e foi um aprendizado muito bom. Mas digo que tomei a melhor decisão quando optei pelo Palmeiras”, declarou.

O acordo firmado entre Palmeiras e Milan prevê que o zagueiro permaneça por empréstimo no Brasil até o dia 30 de junho de 2019. No entanto, o acordo prevê que caso o jogador atue em pelo menos 50% dos jogos no período, o Verdão pagará automaticamente um valor fixado em 4,5 milhões de euros, referentes aos direitos econômicos do jogador.




×
Quer receber notícias do Palmeiras?