Gomez reclama de gol anulado e minimiza discussão com Weverton: “Está tudo certo”

São Paulo, SP

20-11-2021 21:44:39

O zagueiro Gustavo Gomez foi um dos protagonistas do confronto com o Fortaleza, realizado na noite deste sábado, pelo Campeonato Brasileiro. Na saída do gramado do Castelão, o paraguaio minimizou sua discussão acalorada com o companheiro Weverton e reclamou da anulação do gol de empate.

“Foi um lance de jogo. O clima de jogo é sempre assim e a gente sempre quer ganhar. O Weverton não percebeu que eu estava me aproximando para falar com o professor Abel. Ele queria que eu, como capitão, reclamasse com o árbitro”, explicou o paraguaio, que foi empurrado pelo companheiro na direção do juiz.

Dois dos líderes do elenco palmeirense, ambos retornaram normalmente para o segundo tempo após aparar arestas no vestiário, de acordo com Gomez. “Isso acontece. Dois jogadores com experiência. A gente conversou no intervalo e está tudo certo”, garantiu.

Com dificuldades para criar oportunidades de empatar, o Palmeiras chegou a marcar no final em um chute de longe disparado por Patrick de Paula. No entanto, o árbitro decidiu anular o gol após notar impedimento de Gomez ao rever a jogada pelo monitor do VAR.

“Perguntei para o árbitro o critério e ele não pôde responder. Meu pensamento é que, quando é a favor do time local, o árbitro tem outro critério. Contra o Fluminense, em uma jogada parecida, validaram o gol. Aqui, anularam. Acho que o árbitro tem que ter o mesmo critério nessa jogada”, reclamou.

Em uma atuação geral ruim do Palmeiras, Gomez notou evolução na metade final. “Acho que fizemos um segundo tempo melhor. O Fortaleza no primeiro tempo estava bem fechado e conseguiu uma bola puxando contra-ataque. Estávamos mal posicionados e não conseguimos empatar”, afirmou.


Deixe seu comentário