Futebol

Gabriel Jesus guarda camisa da estreia e vibra com apoio da torcedores

Marcos Guedes - São Paulo , SP - Brasil
07/03/2015 21:12:00

Em: Campeonato Paulista, Futebol, Palmeiras

Os gritos de “é Gabriel” começaram a ecoar no Palestra Itália no início do segundo tempo da vitória por 1 a 0 do Palmeiras sobre o Bragantino. Oswaldo de Oliveira acabou atendendo ao pedido da torcida aos 26 minutos e promoveu a estreia do atacante de 17 anos, visto como enorme promessa do Palmeiras.

“É muito gratificante o torcedor do Palmeiras, que é grande, querendo me ver jogar, pedir a entrada”, afirmou Gabriel Jesus, ainda nervoso, ofegante, sempre com respostas curtas. “Fico muito feliz por esse carinho. Vou tentar retribuir o que o pessoal está fazendo por mim.”

A camisa da estreia, com o número 33 às costas, não foi trocada com nenhum atleta do Bragantino. “Essa eu vou guardar porque é muito importante”, disse o garoto, que conteve a empolgação ao avaliar a própria atuação: “A minha estreia acho que foi nota seis ou sete”.

Gabriel Jesus teve bons momentos em pouco mais de 20 minutos em campo no Palestra
Gabriel Jesus teve bons momentos em pouco mais de 20 minutos em campo no Palestra – Credito: Djalma Vassão/Gazeta Press
O atacante não se escondeu nos pouco mais de 20 minutos em que esteve em campo. Ovacionado pelos torcedores a cada momento em que tocava na bola no Palestra Itália, deu uma ótima cavadinha para uma finalização ruim de Victor Ramos e errou por pouco um chute da meia-lua.

“A ansiedade é normal, né, muito forte, mas venho me preparando. Graças a Deus, pintou uma oportunidade”, comentou. “É normal a pressão para quem almeja jogar em um time grande, como o Palmeiras é hoje e como sempre foi. A gente precisa estar preparado”, concluiu Gabriel.




×
Quer receber notícias do Palmeiras?