Ex-Palmeiras, Rogério torce por sucesso do “disciplinador” Felipão

São Paulo, SP

30-07-2018 09:00:38

O ex-jogador Rogério defendeu o Palmeiras por quatro anos, entre 1996 e 2000, participando de um dos períodos mais vitoriosos da história do clube sob o comando de Luiz Felipe Scolari. Hoje aposentado, o ex-lateral de 42 anos, que também atuava como volante, revelou sua torcida pelo sucesso de seu antigo treinador na terceira passagem dele pelo Verdão.

Rogério participou das conquistas do Campeonato Paulista, Torneio Rio-São Paulo, Libertadores, Copa Mercosul e Copa do Brasil com a camisa do Palmeiras. Entre 1997 e 2000, foi dirigido por Felipão e pôde encher o currículo de títulos antes de se transferir para o Corinthians.

“Trabalhei com ele de 1997 até 1999, meados de 2000. Era um cara disciplinador, um cara que chega para ajeitar o vestiário. Tem o carisma da torcida, o respeito da diretoria, é um cara que vem para agregar. Não sei se vai dar certo, porque muitas vezes falamos de modernidade, dar oportunidade aos mais jovens, mas é um cara por quem eu torço, tem meu carinho e admiração. Vamos ver o que acontece”, disse Rogério, convidado do programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, do último domingo.

Após se transferir para o Corinthians, o maior rival de sua antiga equipe, Rogério ganhou títulos, mas ficou marcado pelas pedaladas de Robinho que culminaram em um pênalti marcado por ele na final do Campeonato Brasileiro de 2002, contra o Santos. O ex-lateral também foi campeão no Parque São Jorge, vencendo os Campeonatos Paulistas de 2001 e 2003, o Torneio Rio-São Paulo de 2002 e a Copa do Brasil de 2002.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?