Gazeta Esportiva

Em 2022, Raphael Veiga fez do São Paulo a sua principal vítima nos clássicos

São Paulo, SP

22/01/23 | 09:00

O Palmeiras disputa o seu primeiro clássico da temporada neste domingo, quando encara o São Paulo, às 16 horas (de Brasília), no Allianz Parque. Protagonista do Verdão em clássicos, o meia-atacante Raphael Veiga reencontra o rival que foi a sua principal vítima no ano passado.

Mesmo ausente na reta final da temporada, quando se recuperava de uma lesão no tornozelo direito, o camisa 23 foi o principal jogador do Verdão em clássicos.

Contra o São Paulo, Veiga marcou quatro gols em quatro jogos disputados. Ele passou em branco na vitória pela fase de grupos do Paulista, mas decidiu a final com gol de falta no jogo de ida, que deu sobrevida ao Verdão na decisão, e outros dois na volta, quando o Palmeiras goleou por 4 a 0 e ficou com a taça.

Na Copa do Brasil, ficou de fora do jogo de ida, ainda se recuperando de lesão. No jogo de volta, viveu uma montanha russa de emoções. Ele anotou o gol que abriu o placar para o Verdão logo no início da partida. Contudo, tudo desmoronou na segunda etapa. O camisa 23 mandou por cima a cobrança de pênalti, que poderia dar o terceiro gol palmeirense naquele jogo.


De quebra, viu o São Paulo diminuir no lance seguinte e levar o confronto para os pênaltis. Na disputa, Veiga desperdiçou mais uma cobrança, ao parar em Jandrei, e o Palmeiras acabou eliminado.

Ao projetar o clássico deste domingo, Raphael Veiga disse que espera dificuldade diante do rival, mas mostrou confiança na competitividade da equipe para conquistar um bom resultado.

“O São Paulo é uma grande equipe, sempre que jogamos contra eles nos trazem muita dificuldade. É mais um jogo difícil e temos tudo para fazer um bom jogo se colocarmos nossa intensidade e competitividade, porque isso é a base do nosso time”, disse o jogador.

Curiosamente, o desempenho individual de Raphael Veiga contra o São Paulo, em números, não era dos melhores até o ano passado. Antes de 2022, o meia-atacante só havia marcado um gol diante do rival, no Choque-Rei válido pelas quartas de final da Copa Libertadores, quando o Verdão venceu por 3 a 0.

Deixe seu comentário