Cuca elogia profissionalismo de comandados e presta apoio a Tite

José Victor Ligero - São Paulo,SP

22-06-2016 09:00:35

O técnico Cuca não está satisfeito somente com o desempenho de seus comandados dentro de campo. Após a vitória por 2 a 0 sobre o América-MG, na noite da última terça-feira, no Palestra Itália, o treinador do Palmeiras elogiou a postura profissional dos jogadores da equipe alviverde nos raros períodos em que estão de folga.

"Jogo quarta e domingo, como sábado e terça, o jogador tem de ser muito profissional. Se ele for comemorar hoje, tomar uma a mais, vai fazer falta, e quando pisar no acelerador, o carro vai afogar. Já sem tomar uma a mais estoura, tem de segurar, ser profissional, estou muito contente pelo profissionalismo deles", celebrou Cuca, citando os sacrifícios de seus atletas.

"Não é fácil concentrar todo dia como eles, para poderem render no outro jogo e dentro do jogo ficar com a bola. Você não desgasta, corre certo e sai mais inteiro. É o que tem acontecido", relatou.

Com 100% de aproveitamento dentro do Palestra Itália desde que chegou ao clube em março - sete vitórias em sete jogos -, Cuca ainda aproveitou para se colocar à disposição do companheiro de profissão Tite, novo comandante da Seleção Brasileira. O técnico do Palmeiras afirmou que não reclamará caso o ex-treinador do Corinthians desfalcar o Verdão por conta dos compromissos da equipe canarinho.

"Eu sempre servi os técnicos da Seleção com o maior prazer. Sempre cedi jogadores para o Felipão e não prejudiquei atletas. O Tite no que precisar pode contar comigo, se quiser vir a treino pode me ligar, estou à disposição para ele ir bem, para ele ganhar muitos jogos na Seleção e fazer nosso povo mais feliz, porque estamos precisando. Pode contar comigo, Tite, para o que precisar", garantiu Cuca.

Com o triunfo sobre o América-MG, o líder Palmeiras de Cuca chegou aos 22 pontos e abriu três de vantagem sobre o Internacional, segundo colocado do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso do Alviverde será o Cruzeiro, neste sábado, às 19 horas (de Brasília), no Mineirão, pela 11ª rodada da competição nacional.

Deixe seu comentário