Contra badalação, jovem Gabriel Jesus confia em conselhos da mãe

Bruno Ceccon - São Paulo,SP

28-08-2015 10:00:51

Com dois gols e uma assistência, Gabriel Jesus brilhou na vitória por 3 a 2 sobre o Cruzeiro, resultado que classificou o Palmeiras às quartas de final da Copa do Brasil. Inexperiente, o jovem de 18 anos conta com os conselhos da mãe para evitar o deslumbre.

Após a partida diante do Cruzeiro, disputada em Belo Horizonte na noite de quarta-feira, Gabriel encontrou uma série de mensagens elogiosas em seu telefone celular. Diante dos recados, o jovem atacante do Palmeiras imediatamente procurou pelo de sua mãe.

“Tenho muito apoio da família e dos amigos. Minha mãe sempre fica em cima e dá umas duras. Ela pediu para ficar calmo e disse que as coisas acontecem na hora certa. Deu os parabéns e contou que estava bem feliz. Eu sou um cara tranquilo, não gosto de badalações. Prefiro ficar na minha”, declarou.

Ainda no início de sua trajetória na equipe principal, Gabriel reviu os gols pela televisão algumas vezes e, após uma tranquila noite de sono, foi intensamente assediado pela imprensa no retorno da delegação a São Paulo, ofuscando o badalado Lucas Barrios no Aeroporto de Congonhas.

“Vinha trabalhando forte para quando chegasse o momento. Graças a Deus, consegui ajudar o time com uma assistência e dois gols. Estava bem leve, solto no campo e pude demonstrar um pouco do meu futebol”, disse, cercado por jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas na tarde de quinta-feira.

O adversário do Palmeiras nas quartas de final da Copa do Brasil será definido pela CBF em sorteio marcado para a próxima segunda. Pelo Campeonato Brasileiro, o time defendido por Gabriel Jesus volta a campo às 16 horas (de Brasília) de domingo para enfrentar o Joinville, dentro de casa.

“Estamos trabalhando e vamos continuar tanto na Copa do Brasil quanto no Campeonato Brasileiro. O resultado (contra o Cruzeiro) ajuda a manter uma sequência no Brasileiro”, afirmou, afastando qualquer tipo de especulação em torno de possíveis propostas de outros clube. “Estou no Palmeiras e é aqui que quero ficar”, resumiu.

Gabriel ganhou destaque ao marcar 37 gols em 22 partidas do Campeonato Paulista sub-17 em 2014. No final do ano, ele renovou seu contrato com o Palmeiras por três temporadas, renováveis por mais duas. O clube detém 30% dos direitos econômicos do atleta, já que o restante pertence ao próprio jogador e seus empresários.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?