Com déficit de R$ 150 milhões, COF do Palmeiras aprova contas de 2020

Bruno Ceccon - São Paulo,SP

27-02-2021 19:50:36

Com placar de 9 a 7, os integrantes do Conselho de Orientação Fiscal (COF) do Palmeiras aprovaram as contas de 2020 na noite da última sexta-feira. O clube registrou um déficit de R$ 151 milhões no período, marcado pela diminuição de receitas por conta da pandemia.

O balanço patrimonial do Palmeiras indica um prejuízo de exatos R$ 151.015.909,13. Apenas no futebol, o déficit registrado pelo clube alviverde na temporada foi de R$ 87.797.615,30, resultado de receitas de R$ 568.887.815,32 e despesas de R$ 656.685.430,62.

O Palmeiras considera o resultado final dentro das expectativas, já que houve diminuição do faturamento com bilheteria e do programa Avanti e algumas receitas foram postergadas para 2021. A variação do dólar também não ajudou e o clube reservou valores para eventuais contingências, como derrotas jurídicas.

Finalista da Copa do Brasil, o Palmeiras já recebeu R$ 22 milhões, valor destinado ao vice-campeão. Em caso de título, a CBF pagará mais R$ 32 milhões, montante que não entrou nas contas de 2020. Assim como a premiação pelo título da Copa Libertadores (US$ 15 milhões) e pelo quarto lugar no Mundial (US$ 2 milhões).

O Palmeiras não demitiu funcionários durante a pandemia e tampouco negociou as promessas formadas na base, apesar do assédio de clubes estrangeiros. Para 2021, o clube projeta uma situação ainda complicada e, com seus jovens valorizados, ganha ativos importantes caso precise fazer uma venda para equilibrar o caixa.

Com a chance de engordar sua premiação na final da Copa do Brasil, o Palmeiras pega o Grêmio às 21 horas (de Brasília) deste domingo, em Porto Alegre. O time alviverde ainda enfrentará o Defensa y Justicia na decisão da Recopa, com premiação de US$ 1,2 milhão ao vencedor.


Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?