Futebol

Borja recebe camisa 12 e confia em elenco para ir ao Mundial

São Paulo , SP
25/02/2017 15:44:36 — 25/02/2017 16:40:52

Em: Campeonato Paulista, Futebol, Libertadores, Palmeiras

O atacante Miguel Borja foi apresentado oficialmente com a camisa do Palmeiras na manhã deste sábado, poucas horas antes da partida contra a Ferroviária. Relacionado para a partida após mudança de planejamento da comissão técnica, o jogador colombiano já traçou planos ambiciosos em seu novo clube.

“A expectativa é marcar muitos gols e que a equipe ganhe sempre. É o que quero e o que estou pensando. É por isso que a equipe contratou grandes jogadores. Quero ganhar e penso que há uma grande equipe para demonstrar que pode ganhar tudo e chegar ao Mundial de Clubes, dando felicidade para a torcida, que está ansiosa para isso”, declarou.

Durante a entrevista coletiva – que não contou com a presença do diretor Alexandre Matos e da dona da Crefisa Leila Pereira –, Borja, que estava com o seu filho, recebeu a camisa 12 e mostrou que conhece a responsabilidade de usar o número.

Borja será o sétimo colombiano a defender o Palmeiras (Foto: Djalma Vassão/GazetaPress)
Borja será o sétimo colombiano a defender o Palmeiras (Foto: Djalma Vassão/GazetaPress)

“É um número histórica. Um goleiro como o Marcos, que tem história no Palmeiras, que ganhou títulos. E depois atuou Gabriel Jesus (na Libertadores), que também ganhou títulos. Sem dúvidas é uma grande camisa. Tenho sorte de usar este número”, acrescentou.

Campeão da Libertadores no ano passado pelo Atlético Nacional, o atacante revelou o segredo para levar o título com o Verdão. “O Palmeiras é uma família, assim como foi o Nacional para conseguir a Libertadores. Quando vim para cá, eu me senti muito bem e senti o respaldo deles. Creio que estamos muito perto de conseguir fazer história no Palmeiras, pela classe dos jogadores do clube. Há muito talento e união”, comentou.

Apesar da expectativa de assumir o papel de artilheiro da equipe, Borja preferiu não estipular um número como meta de gols para a temporada. “Meu trabalho é fazer gols e venho ao treinamento para fazer isso e me aperfeiçoar. Sem dúvida que é uma grande responsabilidade pelo que está se movendo com minha chegada. Só dependo de mim. Não coloco uma meta porque Deus nos surpreende. Quando eu estava no Nacional, coloquei uma marca e a dobrei, o que penso é marcar muitos gols e que Palmeiras vença todas as partidas”, completou.

Com Borja na lista de relacionados, o Palmeiras enfrenta a Ferroviária neste sábado, às 16h30 (de Brasília), pelo Campeonato Paulista.

Borja também falou sobre a comissão técnica do Verdão e suas condições de jogo. “Me sinto muito bem, me sinto em plena condição para estar à disposição do técnico. Se ele me colocar, 30, 20, 15 minutos, vou entrar com o maior gosto para fazer o que si fazer”, declarou o atacante de 24 anos. “O professor me deu a confiança de estar aqui pelo o que eu venho fazendo. Fiz a pré-temporada com o Nacional, disse quer estava bem para jogar. Acho que tenho confiança de toda a comissão e quero aproveitar”.




  • pork delayed

    CORINTHIANS PODIA DOAR UM MUNDIAL PRO PALMARES. O QUE VOCE ACHA ???

×
Quer receber notícias do Palmeiras?