Futebol/Campeonato Brasileiro Série B

Carmona, ex-Palmeiras, tentou reduzir salário para ficar no Náutico

São Paulo , SP - Brasil
13/10/2015 16:13:16 — 13/10/2015 16:17:09

Em: Bastidores, Brasileiro Série B, Náutico
Para Pedro Carmona, é obrigação do Náutico vencer os jogos em casa (foto: Divulgação/Náutico)
Pedro Carmona foi dispensado do Náutico em caso que gerou polêmica no clube (Foto: Divulgação/Náutico)

A decisão de rescindir o contrato do meia Pedro Carmona tem sido alvo de polêmicas no Náutico. Em reunião com a diretoria, os jogadores do clube já protestaram contra a decisão que parece ter pego a todos de surpresa. Publicamente, a diretoria alvirrubra declarou que a liberação do atleta aconteceu pelo fato de que o jogador não conseguiu render o esperado na temporada.

Entretanto, ao Blog Arquibancada, Giuliano Aranda, empresário do atleta, se disse surpreso com a decisão dos dirigentes e lamentou o fato de Carmona não poder mais atuar neste ano, já que o Náutico já era sua terceira equipe na temporada.

“Não dá para entender o que aconteceu. Pedro Carmona tem um bom relacionamento com os jogadores e com a diretoria.” O empresário, que também é conhecido como Magrão, falou ainda que tentou um acordo para diminuição de salários do atleta, mas não obteve sucesso. “Conversei para fazer uma composição dos salários que estão para vencer e os atrasados”, finalizou.

Carmona passou dois anos no Náutico e foi vice-campeão pernambucano em 2014. Pelo clube, nesta Série B, o meia atuou dez vezes, mas somente três como titular.